Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Thiago Silva e Fluminense: por que o zagueiro dificilmente vai voltar a atuar no Brasil

    Sob contrato com o Chelsea, brasileiro sofre resistência da família em possível retorno

    Thiago Silva e filhos em visita ao Fluminense em 2019
    Thiago Silva e filhos em visita ao Fluminense em 2019 LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE FC

    da Itatiaia

    Nome dos sonhos da defesa do Fluminense, o zagueiro Thiago Silva afastou outra vez a possibilidade de voltar ao Tricolor. Na pré-temporada do Chelsea, nos Estados Unidos, o defensor disse que sua família não quer retornar ao Brasil a curto prazo. Em especial, seus filhos.

    “Agora, o futuro a Deus pertence. Todo mundo sabe a vontade que eu tenho, porém, hoje em dia é difícil falar com a família, meus filhos não querem morar no Brasil. Então, é uma situação bem complicada, mas a gente tem esse ano ainda para pensar e ver o que vai fazer ano que vem”, disse à TNT Sports.

    O defensor ainda lamentou fatos recentes ocorridos, segundo ele, com alguns torcedores do Fluminense. Quando o Tricolor tentou sua contratação e ele afirmou que queria encerrar a carreira no clube, o fato do acordo não ser celebrado foi motivo para xingamentos dos tricolores.

    “Fiquei bem chateado”

    “Agora no final da temporada aconteceram umas coisas chatas, e fiquei bem chateado porque parece que me jogaram contra a torcida (do Fluminense): “Thiago vai voltar”. Em nenhum momento, eu falei que ia voltar esse ano, até porque tinha renovado com o Chelsea dois meses atrás”, lembrou o zagueiro.

    “A notícia começou a sair, ninguém desmentia nada, e a torcida veio no meu Instagram me xingando. Outros me dando apoio, enfim… Isso não foi legal e eu não gostei, sinceramente. Mas nada apaga o amor e o sentimento que eu tenho pelo Fluminense de gratidão”, lamentou.

    No meio do ano, o Fluminense sondou o defensor para saber a possibilidade do retorno, contudo o próprio jogador rechaçou, porque tinha renovado com o clube londrino até o meio de 2024. Para o ano que vem, a volta não está descartada.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original