Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Títulos, prêmios e inspiração em Serena: conheça Alexia Putellas, a melhor jogadora de futebol do mundo

    Futebolista catalã foi vencedora das últimas duas edições do prêmio da Fifa The Best

    Alexia Putellas, com o cabelo rosa, em ação pela Espanha contra a Dinamarca em amistoso
    Alexia Putellas, com o cabelo rosa, em ação pela Espanha contra a Dinamarca em amistoso Ulrik Pedersen/DeFodi Images via Getty Images

    Nina Galiotte*da CNN

    São Paulo

    As recentes conquistas individuais atestam: Alexia Putellas é a melhor jogadora de futebol do mundo. A espanhola foi vencedora das últimas duas edições do prêmio Fifa The Best, em 2021 e 2022, e é a única a conseguir também duas Bolas de Ouro.

    Destaque no futebol feminino, defende o Barcelona há 11 anos e se tornou um emblema do clube e da seleção de seu país. Neste mês de julho, a meio-campista vai representar a Espanha na Copa do Mundo, que acontece na Austrália e na Nova Zelândia — o Mundial será disputado entre os dias 20 de julho e 20 de agosto.

    Primeira jogadora a alcançar a marca de 100 partidas com a Fúria (tem 101, no total), Putellas quase ficou fora da Copa.

    Uma lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo, sofrida no ano passado, tirou a espanhola de ação por nove meses.

    Mas ela conseguiu se recuperar a tempo do Mundial e pôde jogar até os minutos finais da decisão da Champions League Feminina — que o Barcelona venceu o Wolfsburg-ALE por 3 a 2. Capitã do Barça, Putellas levantou a taça no Philips Stadium, em Eindhoven, na Holanda.

    Na apresentação à seleção espanhola, a jogadora de 29 anos surgiu com os cabelos coloridos de rosa. Irene Paredes, companheira de Putellas no Barcelona e também na equipe nacional, revelou o motivo.

    “Nós jogadoras não nos surpreendemos porque sabíamos disso. Foi uma promessa que ela fez para ganhar a Champions League.”

    Apesar da promessa, não foi a primeira vez que a espanhola venceu a competição europeia. Com o Barça, ela já havia vencido a edição de 2020/2021.

    Além dos títulos de Champions, Putellas já levantou sete Ligas Espanholas (2019/2020, 2020/2021, 2021/2022 e 2022/2023), três Supercopas Femininas da Espanha (2020 e 2022) e seis Copas da Rainha (2019/2020, 2020/2021 e 2021/2022).

    Em uma entrevista ao jornal espanhol El País, a meio-campista foi questionada se tinha medo de não voltar a jogar como antes por conta da lesão.

    “Medo, não. Mas, sim, penso que posso não voltar a ser eu mesma em campo, com todas as capacidades. Estou trabalhando e tenho falando com pessoas que também passaram por essa lesão e a maioria me falou para não colocar uma meta. Esse seria meu objetivo. Primeiro, objetivos reais e um passo de cada vez”, disse.

    Recuperada, a melhor jogadora do mundo irá para sua terceira participação em Copas. Ela jogou também os Mundiais de 2015 (Canadá) e 2019 (França). A espanhola tem 28 gols pela seleção, o último deles marcado no fim de junho, na vitória por 2 a 0 sobre o Panamá, em amistoso.

    Alexia Putellas nunca jogou fora da Espanha. A meio-campista tem passagens também pelo Espanyol e pelo Levante no início da carreira. Mas foi no Barcelona que ela construiu o seu reinado no futebol espanhol e mundial.

    A jogadora, que tem como uma de suas inspirações a tenista norte-americana Serena Williams, outra atleta que precisou dar a volta por cima na carreira, terá a missão de liderar a Espanha na Oceania.

    “Quantos Grand Slams ela ganhou? 23! É um fenômeno! Deixou um legado que transcende o tênis. Me inspirei e sigo me inspirando nela.”

    Alexia Putellas, sobre Serena Williams

    A equipe está no grupo C da Copa do Mundo, ao lado de Costa Rica, Japão e Zâmbia. As espanholas estreiam no dia 21 deste mês, às 4h30 da manhã (horário de Brasília) contra a Costa Rica, no estádio Wellington Regional, na Nova Zelândia.

    *Sob supervisão de Ludmila Candal e Bruno Rodrigues