Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    US Open: classificação de Coco Gauff à final faz venda de ingressos disparar

    Compras de entradas para a decisão dispararam 20% de quinta para sexta, após classificação da americana

    Coco Gauff fará sua primeira final de US Open
    Coco Gauff fará sua primeira final de US Open Tim Clayton/Corbis via Getty Images

    Jordan Valinskydo CNN Business

    A primeira participação da norte-americana Coco Gauff em uma final de US Open está atendendo à crescente demanda dos fãs de tênis.

    Depois que o fenômeno de 19 anos conquistou seu lugar na decisão do Grand Slam nesta quinta-feira (7), as vendas de ingressos dispararam 20%, com o preço médio oscilando em torno de 500 dólares (R$ 2.500), de acordo com o StubHub, e o mercado de venda de entradas espera que os preços subam antes da partida de sábado (9).

    A final feminina, que terá Gauff enfrentando a número 1 do mundo, Aryna Sabalenka, encerrará uma edição recorde do Aberto dos Estados Unidos, em que não apenas o público superou os anos anteriores, mas também a demanda e até mesmo o preço dos ingressos. O StubHub disse que vendeu 40% mais ingressos este ano em comparação com 2022. O preço médio do ingresso este ano é de 365 dólares (R$ 1.800), comparado ao valor de 350 dólares no ano passado (R$ 1.700).

    Os assentos para assistir à final na quadra do Arthur Ashe Stadium custam até 4 mil dólares.

    O US Open termina no domingo (10) com a final masculina. As semifinais masculinas acontecem nesta sexta (8), com Novak Djokovic competindo contra o americano Ben Shelton, de 20 anos, à tarde, e o vencedor do ano passado, Carlos Alcaraz, de 20 anos, enfrentando Daniil Medvedev à noite.

    Os ingressos para a final masculina também estão subindo, custando cerca de 700 dólares (R$ 3.500) para assentos de nível superior no Arthur Ashe Stadium e até 56.000 dólares (R$ 278 mil) para assentos ao lado da quadra.

    Não são apenas os preços dos ingressos que disparam — também as vendas do querido coquetel exclusivo do torneio. O coquetel Honey Deuce, de 22 dólares (R$ 109), que mistura vodca Grey Goose, limonada e Chambord e é coberto com bolinhas de melão, está a caminho de superar as vendas do ano passado, disse a empresa de vodca à CNN. Em 2022, foram vendidas 405 mil bebidas, totalizando quase 9 milhões de dólares (R$ 44 milhões) em vendas.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original