Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Valencia monta estratégia para evitar novos casos de racismo contra Vinicius Júnior

    Jogador retornará ao Estádio Mestalla pela primeira vez após grave episódio de descriminação generalizada no ano passado

    Vinicius Júnior comemora um dos três gols que marcou pelo Real Madrid sobre o Barcelona
    Vinicius Júnior comemora um dos três gols que marcou pelo Real Madrid sobre o Barcelona Reprodução/Twitter Real Madrid

    Ana Luiza Pereirada Itatiaia

    No próximo sábado (2), acontece a partida entre Valencia e Real Madrid, pela 27ª rodada do Campeonato Espanhol. A partida a ser realizada às 17h (horário de Brasília), no Mestalla, marca também o retorno do atacante Vinicius Jr ao estádio do adversário, onde sofreu uma grave descriminação racial generalizada. O episódio aconteceu nove meses atrás.

    Com o intuito de evitar novos casos de racismo contra o jogador do time merengue, o Valencia está montando uma estratégia em conjunto com a LaLiga. Segundo o site The Athletic, o clube e a federação se encontraram para discutir medidas de segurança a serem tomadas para identificar e conter os possíveis atos racistas.

    O clube de Valencia, representado pelo diretor corporativo, Javier Solis, entrou em contato com Emilio Butragueno, diretor de relações institucionais do Real Madrid, para explicar quais ações são elaboradas pelos mandantes para receber Vinicius Jr.

    A mensagem “Metsalla é a casa de todos” estará presente em placas informativas ao redor do estádio, cartazes e um possível banner a ser exposto antes da bola rolar.

    Contudo, anteriormente, uma organizada da torcida do Valencia movimentou as redes sociais com um novo cântico elaborado para ofender Vini Jr. A letra da música refere o atacante do clube merengue como “chorão” e “mentiroso” e diz que o jogador “zomba das pessoas e do rival”. A torcida planeja entoar a canção no jogo deste sábado.

    Relembre o casoVinicius Junior foi vítima de um episódio de racismo na partida entre Valencia e Real Madrid, no dia 21 de maio de 2023, pela 35ª rodada do Campeonato Espanhol.

    Alguns gritos de ofensas racistas foram ecoados ao longo da partida, mas a situação explodiu aos 24 minutos do segundo tempo. O jogo precisou ser interrompido por oito minutos após parte da torcida presente no estádio Mestalla chamar o atacante do Real Madrid de “macaco”.

    Na retomada do jogo, Vini. Jr, desestabilizado com os xingamentos, acabou expulso nos acréscimos, após tomar o segundo cartão amarelo. A partida acabou com vitória do Valencia por 1 a 0.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original