Baile de gala do Met é adiado


Fiona Sinclair Scott Da CNN
19 de março de 2020 às 10:16 | Atualizado 20 de março de 2020 às 07:58
Met Gala de 2019; edição de 2020 foi cancelada pelo coronavírus

Met Gala de 2019; edição de 2020 foi cancelada pelo coronavírus

Foto: CNN/Reprodução

Uma das maiores noites do calendário da moda, o Met Gala, não vai acontecer como previsto no dia 4 de maio de 2020. A notícia acompanha uma onda de eventos culturais cancelados e adiados pelo mundo por causa do coronavírus.

O baile de gala anual, organizado pela editora da Vogue Anna Wintour, é um evento repleto de celebridades para arrecadar fundos em benefício do Costume Institute do Metropolitan Museum of Art em Nova York. Desde 2005 o Baile do Met acontece tradicionalmente na primeira segunda-feira de maio, e também marca o lançamento de sua coleção de primavera.

A exposição deste ano, "Sobre o Tempo: Moda e Duração", é patrocinada pela luxuosa grife Louis Vuitton e descrita como uma jornada pela história da moda desde 1870 até os dias de hoje. 

O tapete vermelho do Met Gala: uma história sobre um dos assuntos mais glamurosos de Nova York

Na sexta-feira, porém, o Metropolitan Museum anunciou que fecharia temporariamente as portas, causando especulações sobre se os organizadores do evento seguiriam o exemplo. Em uma carta publicada no site Vogue.com, Anna Wintour confirmou na última segunda-feira que o evento não será realizado como programado. 

"Devido à responsável e inevitável decisão do Metropolitan Museum de fechar suas portas, a exposição 'Sobre o Tempo' e a festa de abertura serão adiadas", ela afirmou, acrescentando que a revista dará uma prévia dessa "exposição extraordinária" em sua edição de maio.

Em uma declaração enviada à CNN na segunda-feira, um porta-voz do museu escreveu: "O Museu permanecerá fechado até sábado, 4 de abril. Além disso, o CDC (Centro de Controle de Doenças dos EUA) recomendou no fim de semana que não deve haver reuniões de 50 pessoas ou mais nas próximas oito semanas. Atendendo a essa orientação, todos os eventos e programas até 15 de maio serão cancelados ou adiados."

Esta não é a primeira vez que o evento sofreu uma mudança de planos em seus 72 anos de história. Houve anos em que o baile não foi realizado, particularmente em 1963, após o assassinato do Presidente John F. Kennedy, e em 2002, após o 11 de setembro. 

Os melhores momentos do tapete vermelho de 2019

Com entradas que custam mais de 30 mil dólares, o evento exclusivo para convidados é uma importante fonte de receita para o museu. Segundo o jornal New York Times, o baile do ano passado arrecadou 15 milhões de dólares para o Costume Institute. Nem o museu nem Anna Wintour forneceram mais detalhes sobre quando o evento será reagendado.

A exposição deste ano faria parte das comemorações de 150 anos do Met. Com uma coleção de 160 artigos de moda, estava programada para ser aberta ao público três dias após o baile e ficar em cartaz de 7 de maio a 7 de setembro.