Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    • Achim Puchert - Presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina
    Ver mais sobre o autor
    • Achim Puchert - Presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina

      Achim Puchert é presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina desde janeiro de 2022.

      Responsável pelos negócios de caminhões e ônibus da da Companhia na região, o executivo alemão tem ampla experiência Internacional. Ingressou no Grupo Daimler Truck em em 2002.

      Os primeiros passos de sua carreira internacional foram na Daimler Europa Central e Oriental, África e Ásia (DCAA) e na Mercedes-Benz Rússia, país em que atuou na área de Marketing e Vendas para a Mercedes-Benz Trucks, além de liderar o Alliance Office para a cooperação de caminhões com a Kamaz, também na Rússia.

      A partir de 2015, o executivo passou a chefiar as operações e cooperações internacionais da MercedesBenz Caminhões, liderando projetos de industrialização.

      Também foi responsável pelos centros de CKD (produção de
      kits de caminhões para remessa a fábricas em todo o
      mundo) e pela gestão estratégica da rede de
      caminhões Mercedes-Benz.

      Em 2019, Puchert foi promovido a Head de Vendas Internacionais, Marketing e Serviços ao Cliente da Daimler Trucks Asia e, um ano depois, também assumiu como Head de Vendas “Daimler Trucks & Buses Overseas” (DTO), posições acumuladas antes de aceitar o desafio atual como CEO Mercedes-Benz América Latina.

      Fechar
    opinião

    Caminhões e ônibus transportam a inovação tecnológica a novos patamares

    Mover o mundo. Já reparou o quanto os veículos comerciais têm evoluído com este propósito nos últimos tempos? Muito além de sua finalidade principal, que é transportar cargas e pessoas, os caminhões e os ônibus passaram a “carregar a bordo” algo de suma importância: inovação tecnológica.

    Se antes, recursos como piloto automático, ABS, painel digital, start stop, sistemas anti-colisão, propulsor elétrico, entre tantos outros, eram vistos apenas em automóveis de luxo, hoje, a realidade é outra. Muitas dessas tecnologias começam a ganhar escala primeiro nos “brutos”, nas grandes frotas e, só então, chegam mais acessíveis aos veículos de passeio. É a mobilidade se tornando mais sustentável, ao passo que o ecossistema do transporte também está mais responsável.

    Tudo isso resulta num alto nível de desempenho, eficiência, segurança e compatibilidade ambiental, além da otimização do consumo de combustível e de custos operacionais ao longo da vida útil dos veículos. Quem ganha no fim das contas? A sociedade!

    Para alcançar esses novos patamares de tecnologia, os veículos pesados avançam em diversas frentes: eletrônica, conectividade, telemetria, digitalização e Internet das Coisas. Com isso, caminhões e ônibus “conversam” com os administradores das frotas, com os clientes finais e com os sistemas de gestão de transporte. Usando sensores, câmeras e ferramentas de navegação, eles monitoram as estradas e as vias, identificando o movimento de veículos e pessoas, antevendo obstáculos e imprevistos e prevenindo acidentes. Ou seja, preservam vidas e o fluxo do tráfego.

    Como empresa da Daimler Truck, a Mercedes-Benz do Brasil ocupa posição de liderança no desenvolvimento de caminhões e ônibus no País. Com 66 anos de atuação neste território de proporções continentais, a companhia é reconhecida pelo pioneirismo e inovação.

    Em 2023, por exemplo, a empresa lança no mercado brasileiro uma nova linha de caminhões e ônibus com a exclusiva tecnologia BlueTec 6 de pós-tratamento. Essa é a solução da marca para atendimento à rigorosa legislação brasileira de emissões Proconve P8, equivalente ao padrão Euro 6. O novo portfólio reduz, drasticamente, as emissões de poluentes, com motores mais econômicos e menor custo operacional. Para se ter uma ideia dos benefícios para a qualidade do ar, o volume de óxidos de nitrogênio (NOx) que apenas um veículo emitia em 1990, época do Proconve P2, é equivalente ao total de 55 caminhões juntos no atual Proconve P8.

    Inovação tecnológica também está agregada ao primeiro ônibus elétrico da Mercedes-Benz no Brasil, o modelo eO500U movido a baterias, que representa a entrada da marca na era da eletromobilidade no País. As primeiras unidades serão entregues a clientes no início do próximo ano. Atendemos assim a uma diretriz da Daimler Truck, que quer ser líder no transporte sustentável, avançando para o patamar de emissão zero carbono. Até 2030, cerca de 60% das vendas da Companhia na Europa serão de veículos elétricos.

    Em 2023, também já estará em atividade o primeiro caminhão 100% autônomo em ambiente fechado e controlado no Brasil. Essa inovação é fruto de uma parceria entre a Mercedes-Benz do Brasil e a Lume Robotics, startup brasileira de mobilidade autônoma. O caminhão Atego 1730 autônomo é uma solução específica para operação dedicada na fábrica da Ypê, de produtos de limpeza e higiene, na cidade de Amparo (SP).

    O desenvolvimento desse nosso caminhão autônomo seguiu o sucesso da máquina inteligente da Grunner na colheita da cana-de-açúcar, uma parceria que utiliza como base caminhões da nossa marca. Além disso, outros veículos autônomos estão sendo desenvolvidos para uso no mercado brasileiro num futuro bem próximo.

    Elétricos e autônomos em veículos pesados já são, portanto, realidade no Brasil. Isso abre caminhos para outras soluções tecnológicas em desenvolvimento para diversas aplicações. É mais uma vez os pesados assumindo protagonismo.

    Em suma, não há limites para a inovação neste segmento. Nós, como companhia global em sintonia com os princípios ESG, continuaremos trabalhando para mover o mundo e cuidar dele. Esta é uma missão para toda a sociedade e, como nós fazemos parte dela, temos muito a oferecer na evolução de caminhões, ônibus e também serviços que tragam eficiência e sustentabilidade para os meios de transporte e, sobretudo, para qualidade de vida das pessoas. E ainda veremos novas tecnologias por aí… a começar pelas estradas!

     

    Fórum CNN

    Os artigos publicados pelo Fórum CNN buscam estimular o debate, a reflexão e dar luz a visões sobre os principais desafios, problemas e soluções enfrentados pelo Brasil e por outros países do mundo.

    Os textos publicados no Fórum CNN não refletem, necessariamente, a opinião da CNN Brasil.

    Sugestões de artigos devem ser enviadas a forumcnn@cnnbrasil.com.br e serão avaliadas pela editoria de especiais.

     

    Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da CNN Brasil.