Nova York vai precisar de mais de 140 mil leitos até abril por coronavírus


Da CNN, em São Paulo
27 de março de 2020 às 18:29

O governador do estado norte-americano de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou nesta sexta-feira (27) que, até meados de abril, o estado deve precisar de mais de 140 mil leitos para atender todos os que deve ser infectados pelo novo coronavírus. Atualmente, pouco mais de 50 mil leitos estão disponíveis, informou o correspondente Marcelo Favalli, da CNN.

Foram concluídos e liberados quatro hospitais de campanha, que foram montados por militares do exército norte-americano, mas somam apenas mil leitos aos disponíveis para a população. 

Com isso, Cuomo fez um apelo para que outros estados emprestem, pelo menos, quatro hospitais e ajudem no atendimento aos moradores de Nova York. No entanto, o apelo não deve ser atendido, já que Connecticut e Nova Jersey, por exemplo, também passam pelo avanço da COVID-19.

Sem alternativa, o governador de Nova York planeja adaptar hotéis desocupados, clínicas desocupadas e antigos postos de saúde para serem usados como hospitais.

Mesmo com a desaceleração da contaminação por conta das medidas de quarentena, o estado de Nova York concentra a maior parte dos casos de coronavírus nos EUA. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), foram registrados mais de 44 mil casos confirmados e, pelo menos, 519 mortes no estado.