Coronavírus faz rainha Elizabeth cancelar comemoração de seus 94 anos

Não há planos para uma marcação alternativa do aniversário oficial da rainha

Max Foster, da CNN
18 de abril de 2020 às 13:03
Rainha Elizabeth faz por telefone audiência semanal com o primeiro-ministro Boris Johnson, durante pandemia do novo coronavírus
Foto: Divulgação/Palácio de Buckinham

A rainha Elizabeth II não marcará seu aniversário com a tradicional saudação real às armas reais. Ela não acha que seria apropriado durante a pandemia de coronavírus, disse uma fonte real à CNN no sábado.

A rainha comemorará seu 94º aniversário em 21 de abril.

Enquanto o Palácio deve marcar a ocasião nas redes sociais, todos os assuntos relacionados à família, incluindo chamadas telefônicas e de vídeo com membros da família, devem ser mantidos em sigilo, acrescentou a fonte.

O anúncio segue a confirmação anterior do Palácio de Buckingham de que o desfile tradicional realizado anualmente em meados de junho para marcar o aniversário oficial da rainha — conhecido como Trooping the Color — não vai adiante.

O desfile dá à rainha, que é chefe das forças armadas do Reino Unido, a chance de revistar seu exército. Tradicionalmente, ele se movimenta do Palácio de Buckingham para o Horse Guard's Parade, com membros da família real viajando a cavalo ou de carruagem.

No ano passado, mais de 200 cavalos, 400 músicos e 1.400 policiais participaram do desfile.

Segundo a fonte real, atualmente não há planos para uma marcação alternativa do aniversário oficial da rainha.