Argentina suspende voos comerciais até setembro

A Administração Nacional de Aviação Civil (ANAC) afirmou que as companhias aéreas estão somente autorizadas a vender passagens a partir de 1º de setembro

Da CNN
28 de abril de 2020 às 11:46
Passageiros com máscaras de proteção contra coronavírus caminham no Aeroporto Internacional de Buenos Aires, na Argentina
Foto: Matias Baglietto/ Reuters (03.mar.2020)

O governo da Argentina prorrogou nesta terça-feira (28/04) a proibição de voos comerciais no país até setembro, sejam internos ou externos. 

A resolução foi publicada no Diário Oficial, nela a Administração Nacional de Aviação Civil (ANAC) afirmou que as companhias aéreas estão somente autorizadas a vender passagens a partir de 1º de setembro.

A ANAC entende como "razoável" esta prorrogação para "reprogramar operações regulares ou solicitar autorizações para operações não regulares de transporte aéreo de passageiros".

Ela acrescenta que a decisão está sujeita ao levantamento de restrições impostas ao transporte aéreo comercial e "às modalidades de operação que oportunamente podem ser estabelecidas em função da saída organizada da situação de emergência gerada pelo novo coronavírus".

Em março, o Ministério dos Transporters suspendeu todos os serviços de transporte aéreo comercial em consequência da quarentena, decretada pelo presidente Alberto Fernández em 10 de maio, e ainda vigora.