Museu do Louvre anuncia reabertura para 6 de julho

Para a reabertura, será necessário a utilização de máscaras e respeito ao distanciamento social durante as visitas do Museu

da CNN, em São Paulo
29 de maio de 2020 às 13:13
Museu do Louvre, na França
Foto: Divulgação/Museu do Louvre

O Museu do Louvre anunciou, nesta sexta-feira (29), que planeja reabrir as portas na segunda-feira, dia 6 de julho. O museu estava fechado desde o dia 13 de março por conta da pandemia da Covid-19.

A decisão surge um dia após o anúncio do primeiro-ministro francês, Edouard Phillipe, sobre os próximos passos da França para afrouxar as medidas de isolamento. Além disso, nesta sexta (29), o ministro da Cultura, Franck Riester, reuniu os presidentes dos principais estabelecimentos culturais do país para organizar uma previsão de reabertura.

Em posicionamento oficial, o museu mais famoso da França declarou que um sistema de reservas para os horários de visita, e a implantação de "novas sinalizações" para direcionar os visitantes garantirão "condições máximas de segurança".


Leia também:

Igrejas da Terra Santa reabrem com restrições
Brasileiro passa quarentena na Itália após comprar casa por um euro
Museus do Vaticano vão reabrir a partir de 1º de junho


Será solicitada a utilização de máscaras e respeito ao distanciamento social durante as visitas. "As condições da visita respeitarão escrupulosamente as recomendações das autoridades de saúde, porque é preciso sentir-se seguro no Louvre, seja um visitante ou um trabalho lá", afirmou em nota o presidente e diretor do Louvre, Jean-Luc Martinez.

"Espero que os franceses, que em breve os europeus, e esperamos que todos os nossos visitantes possam encontrar o caminho de volta ao museu. Todos nós precisamos de experiência sensível e encontro real. Aquele com arte, com o Belo, pode curar nossas almas", concluiu Martinez.