Protesto em Londres tem confusão e estátua de comerciante de escravos derrubada


Da CNN
07 de junho de 2020 às 16:32 | Atualizado 07 de junho de 2020 às 17:40
 

Manifestantes entraram em confronto com a polícia em Londres neste domingo, durante protesto antirracista em apoio ao movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), iniciado após a morte do americano negro George Floyd por um policial branco no último dia 25.

A confusão aconteceu após tentativa de invasão na sede das relações exteriores e da economia. Os policiais realizaram um bloqueio para impedir a passagem dos manifestantes. O local é uma via pública, com arcos, e não tem portões.

Leia também:

Trump tentou colocar 10 mil soldados em Washington

Após um momento de tensão, parte dos manifestantes deixou o local. Muitos deles, porém, continuaram e a polícia teve de solicitar reforços. Dois grandes 'cordões humanos' foram feitos para poder controlar a situação.

Estátua 'rolando' por Bristol

A repórter da CNN, Denise Odorissi, explicou direto de Londres um fato que chamou a atenção pelo mundo durante os atos na Inglaterra. Manifestantes derrubaram uma estátua de um dos fundadores da cidade de Bristol, Edward Colston.

“Havia uma demanda para que a estátua fosse tirada”, contou a repórter da CNN. “A estátua é de cobre, do século 17, de um comerciante de escravos. Ela foi derrubada pelos manifestantes. Eles rolaram a estátua pela cidade até jogar no rio que corta Bristol”.

(Edição: André Rigue)