Covid-19: mundo ultrapassa 7 milhões de casos e 400 mil mortes, diz universidade


Diego Freire, da CNN, em São Paulo
08 de junho de 2020 às 00:52 | Atualizado 08 de junho de 2020 às 01:00
Mapa da Universidade Johns Hopkins apresenta casos de coronavírus no mundo em 8

Mapa da Universidade Johns Hopkins apresenta casos de coronavírus no mundo em 8 de junho

Foto: Universidade Johns Hopkins/ Reprodução

O mundo ultrapassou, ao longo deste domingo (7), as marcas de 7 milhões de casos e de 400 mil mortes confirmadas como consequência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Os dados são do painel da universidade americana Johns Hopkins, que atualiza ocorrências da pandemia em tempo real.

No início da madrugada desta segunda, a Johns Hopkins apresentava os Estados Unidos como líderes globais tanto no número de casos (1.941.978) quanto de mortes (110.513). 

Na lista de casos, o Brasil aparece na segunda colocação (com 691.758 pacientes confirmados desde o início da doença - seguindo o número mais atual do Ministério da Saúde brasileiro, que apresentou dois dados diferentes entre si na noite de domingo). Na sequência, estão Rússia (467.073 casos), Reino Unido (287.621) e Índia (257.486).

No total de mortes, a segunda colocação no momento é do Reino Unido (40.625 óbitos desde o início da pandemia). Nas colocações seguintes aparecem o Brasil (36.455), a Itália (33.899) e a França (29.158).

Os primeiros casos de Covid-19 foram identificados na China entre o fim de 2019 e o começo de 2020. Desde então, a doença se expandiu por todos os continentes.

Os números compilados pela Johns Hopkins são atualizados várias vezes no mesmo dia. Segundo a universidade, os dados vêm de fontes como a OMS (Organização Mundial da Saúde) e autoridades de saúde de diferentes países.