Em funeral de Floyd, Biden diz enxergar caminho para "justiça racial" nos EUA

Para ex-vice-presidente, protestos que se seguiram ao assassinato de George Floyd farão com que o país não possa "virar novamente as costas para o racismo"

Pietra Carvalho Da CNN, em São Paulo
09 de junho de 2020 às 15:22
Joe Biden em mensagem de vídeo para o funeral de George Floyd: "Não podemos deixar este momento pensando que podemos viras as costas novamente para o racismo "
Foto: Reprodução/Joe Biden

Em discurso durante o funeral de George Floyd, assassinado por policiais de Minneapolis em 25 de maio, o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que o país não pode “virar novamente as costas para o racismo que agulha nossa alma.” 

Na mensagem por vídeo, enviada especialmente para a cerimônia desta terça-feira (9) em Houston, no Texas, o atual candidato à Presidência pelo Partido Democrata disse ainda que a justiça por Floyd será o início do caminho para a justiça social nos Estados Unidos. 

“Nós não podemos virar as costas. Nós não devemos virar as costas. Nós não podemos deixar este momento pensando que podemos virar as costas novamente para o racismo que agulha nossa alma, do abuso sistemático que infesta a vida americana”, afirmou Biden. 

O político ainda fez uma menção especial à filha de 6 anos de Floyd, Gianna. “Eu sei que você tem muitas questões, querida. Nenhuma criança deveria perguntar as questões que muitas crianças negras têm precisado fazer por gerações. Por quê? Po rque o papai se foi?”, concluiu o ex-presidente.