Três pessoas morrem em ataque com faca na Inglaterra

Incidente na cidade inglesa de Reading não está sendo tratado pela polícia local como ataque terrorista

Por Arnaud Siad, Dakin Andone e Mitchell McCluskey, da CNN
21 de junho de 2020 às 02:39 | Atualizado 21 de junho de 2020 às 07:44
Após ataque em Reading, polícia prendeu um suspeito de 25 anos
Foto: Steven Parsons / PA via AP

Um incidente com faca na cidade inglesa de Reading, que deixou três pessoas mortas neste sábado (20), não está sendo investigado como um ataque terrorista, segundo afirmou a polícia do Thames Valley. 

"No momento, isso não está sendo tratado como um incidente terrorista, no entanto, os policiais estão abertos a analisar as possibilidades para a motivação do incidente e estão recebendo apoio de colegas do Policiamento Contra o Terrorismo do Sudeste", disse o superintendente-chefe do detetive Ian Hunter. 

Um relatório anterior da agência de notícias PA Media, citando uma fonte não identificada, disse que a polícia estava tratando o incidente como relacionado ao terror.

Seis pessoas foram feridas durante o incidente em Forbury Gardens, no centro da cidade de Reading. Três pessoas morreram e outras três sofreram ferimentos graves, informou a polícia. Um homem de 25 anos, de Reading, que não foi identificado pelas autoridades, foi preso no sábado.

A polícia disse que o homem foi detido no local por suspeita de assassinato e as autoridades não estão procurando outros suspeitos. 

"Não há informações que sugiram que exista mais perigo ao público, no entanto, pedimos que as pessoas continuem vigilantes e denunciem qualquer ato suspeito chamando a polícia", disse Hunter.

Leia também:

Maior massacre a tiros da história do Canadá tem 19 mortos; número pode aumentar

A polícia pediu para as pessoas não postarem imagens ou vídeos do incidente nas mídias sociais, mas para encaminhar as provas à polícia. 

A polícia também afirmou que não havia indicação de que o incidente estivesse relacionado a um protesto do ‘Black Lives Matter’ que ocorreu em Reading no sábado. 

Pelo menos duas pessoas que sofreram o ataque de facadas foram levadas ao Hospital Royal Berkshire, nas proximidades, em Reading, segundo uma porta-voz do hospital. 

O Serviço de Ambulância Central do Sul confirmou que recebeu um chamado para atender "várias vítimas que sofreram ferimentos como resultado do incidente".

Cinco equipes de ambulâncias e duas equipes de ambulâncias aéreas socorreram as vítimas. 

Uma testemunha ocular fez um relato à PA Media, descrevendo um homem que gritou antes de esfaquear pessoas. "O parque estava muito cheio, muitas pessoas estavam sentadas, bebendo com os amigos, quando uma pessoa sozinha entrou, de repente gritou algumas palavras incompreensíveis e rodeou um grupo de 10 pessoas, tentando esfaqueá-las", disse Lawrence Wort, de 20 anos.

"Ele esfaqueou três deles brutalmente no pescoço e debaixo dos braços, e depois se virou e começou a correr em minha direção, e nós nos viramos e começamos a correr", disse Wort. 

O homem esfaqueou outra pessoa na nuca, disse Wort, antes de sair correndo do parque. 

"Meus pensamentos estão com todos os afetados pelo terrível incidente em Reading e meus agradecimentos aos serviços de emergência ", escreveu o primeiro-ministro britânico Boris Johnson no Twitter. 

"Profundamente preocupado em ouvir relatos de um incidente em Reading", disse o secretário do Interior do Reino Unido, Priti Patel. 

"Meus pensamentos estão com todos os envolvidos, incluindo policiais e equipes de emergência no local".

(Texto traduzido. Clique aqui e leia o original)