Terremoto de 7,4 graus é registrado no México

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, sismo foi registrado 9 quilômetros a oeste de El Coyul, cidade do estado de Oaxaca

Da CNN, em São Paulo
23 de junho de 2020 às 13:00 | Atualizado 23 de junho de 2020 às 14:38
Moradores da Cidade do México ocupam ruas da capital após terremoto de 7,4 graus registrado em Oaxaca ser sentido também na capital do país
Foto: Tomas Bravo -23.jun.2020/ Reuters

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) registrou nesta terça-feira (23) um terremoto no México de magnitude 7,4 graus na escala Richter. Inicialmente, o USGS reportou que o tremor seria de 7,7 graus.

Segundo o instituto, o sismo foi registrado 9 quilômetros a oeste de El Coyul, cidade do estado de Oaxaca, no sudoeste do país, e a 26,3 quilômetros de profundida.

Informações preliminares do Serviço Sismológico Nacional do México indicavam que o terremoto havia sido de magnitude 7,1. Depois, foi registrada uma réplica de 7,5 graus.

Na capital mexicana, a mais de 500 quilômetros de El Coyul, foram sentidos fortes movimentos e as pessoas saíram de suas casas assim que o alerta foi disparado para terremoto pelo governo mexicano.

Uma pessoa morreu no estado de Oaxaca, confirmou o governador Alejandro Murat.

Assista e leia também:

Terremoto de magnitude 6,1 atinge o México

Terremoto de magnitude 6,4 atinge Nevada, nos Estados Unidos

A agência de proteção civil nacional recomendou que os moradores se afastem da costa para evitar as consequências de um possível tsunami. Vídeos nas redes sociais mostram a maré baixando no estado. 

Situado na interseção de três placas tectônicas, o México é um dos países mais propensos a terremotos do mundo. A capital é vista como particularmente vulnerável devido à sua localização no topo do leito de um antigo lago.

Até o momento, não há relatos nem de vítimas nem de danos causados pelo tremor, que foi sentido também em El Salvador, Honduras e Guatemala.

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, compartilhou uma mensagem em sua conta no Twitter dizendo que está em contato com as autoridades locais para obter mais informações sobre o terremoto.

Terremoto de 7,4 graus na escala Richter foi registrado no México
Foto: Reprodução/ USGS

O Centro de Alerta para Tsunamis no Pacífico disse que são possíveis ondas perigosas de tsunami a menos de 1.000 quilômetros do epicentro, incluindo nas costas de México, Honduras, Guatemala e El Salvador.

As autoridades de El Salvador, no entanto, negaram que haja ameaça de tsunami ao país. Em entrevista à CNN Español, o sismólogo Victor Cruz-Atienza explicou que o terremoto pode reverberar de maneira diferente nos países que estão na área do epicentro.

Segundo o sismólogo, ainda é necessário esperar mais informações das autoridade técnicas para avaliar a situação. "O México tem experiência acumulada com terremotos, e está muito mais preparado dessa vez", disse.

(Com informações da Reuters e da CNN)