UE mantém veto a entrada de brasileiros no bloco por pandemia de Covid-19

Foram levantadas restrições apenas a países onde a pandemia apresenta um baixo nível de contaminação

Da CNN, em São Paulo
30 de junho de 2020 às 11:04 | Atualizado 30 de junho de 2020 às 11:48

 

A União Europeia manteve a restrição à entrada de brasileiros no bloco em consequência da pandemia do novo coronavírus, indica um comunicado divulgado nesta terça-feira (30).

Foram levantadas restrições apenas a países onde a pandemia apresenta um baixo nível de contaminação.

Leia também:
União Europeia pede que EUA reconsidere rompimento com OMS em meio à pandemia
George Soros diz que União Europeia pode não sobreviver à crise do coronavírus

Fazem parte da lista Argélia, Austrália, Canadá, Geórgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Coreia do Sul, Tailândia, Tunísia e Uruguai, o único país sul-americano da lista.

A China pode entrar no grupo desde que a reciprocidade seja adotada por autoridades chinesas, segundo Bruxelas.