Gorilas mais raros do mundo são vistos com filhotes em floresta da Nigéria

Segundo ONG, nenhuma morte da subespécie foi registrada no país desde 2012

Aisha Salaudeen, da CNN
10 de julho de 2020 às 11:46
Imagens dos gorilas com os filhotes foram capturas por uma câmera da ONG Wildlife Conservation Society (WCS)
Foto: WCS Nigeria

Em um acontecimento raro, membros que atuam na proteção e preservação da fauna e da flora capturaram imagens dos gorilas mais raros do mundo, com vários filhotes no sul da Nigéria.

Os gorilas-do-rio-cross foram vistos nas densas Montanhas Mbe, no estado de Cross River, sudeste da Nigéria, através de uma câmera instalada pela ONG Wildlife Conservation Society (WCS).

A subespécie corre sério risco de extinção. Há pouco tempo, sabia-se que apenas cerca de 300 estavam vivos na montanhosa área da Nigéria e de Camarões, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza.

Assista e leia também:

Segundo ONG, nenhuma morte da subespécie foi registrada no país desde 2012

Macacos atacam laboratório e roubam sangue infectado com Covid-19 na Índia

Os gorilas tendem a evitar os seres humanos, e as poucas populações desses animais já foram alvo de caçadores no passado. Imagens dessa subespécie também foram capturadas em 2012 no Santuário de Gorilas Kagwene, em Camarões.

Os gorilas tendem a evitar os seres humanos e as poucas populações desses animais já foram alvo de caçadores no passado
Foto: WCS Nigeria

As recentes fotos provam que os gorilas-do-rio-cross estão “bem protegidos e se reproduzindo”, após décadas sendo alvos de caçadores, disse Inaoyom Imong, diretor do projeto Cross River Landscape para a WCS da Nigéria, em um comunicado.

A ONG afirmou que trabalha com diversas comunidades para garantir a proteção dos gorilas e, desde 2012, nenhuma morte dessa subespécie foi registrada no país.

Gabriel Ocha, líder do Kanyang, um dos vilarejos próximos às Montanhas Mbe, disse que as imagens são uma prova de que os esforços de conservação da comunidade com a WCS estão dando resultado.

“Estou muito feliz de ver essas maravilhosas fotografias dos gorilas-do-rio-cross com tantos filhotes em nossa floresta”, ressaltou Ocha em um comunicado.

(Texto traduzido, clique aqui e leia o original em inglês.)