Argentina ultrapassa 3 mil mortes por conta do novo coronavírus

Somente a província de Buenos Aires concentra 98.233 casos entre o total de infectados

Fabrício Julião, da CNN, em São Paulo
28 de julho de 2020 às 10:24
Manifestantes contra medidas de quarentena se reúnem em Buenos Aires, na Argentina
Foto: Agustin Marcarian/Reuters (9.jul.2020)

A Argentina registrou 4.890 casos de Covid-19 e 121 óbitos em decorrência da doença nesta segunda-feira (27). Agora, o país soma 3.059 falecimentos e 167.416 infecções pelo novo coronavírus, de acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins. 

Somente a província de Buenos Aires concentra 98.233 casos entre o total de infectados. A região é de longe a mais afetada do país, com 1.592 mortes em razão do vírus. 

A Argetina é o sexto país mais afetado pela pandemia na América Latina. O país está atrás do Brasil, que possui 2.442.375 casos de Covid-19, México (395,489), Peru (389,717), Chile (347,923) e Colômbia (257,101). 

Leia mais:
Pelo 2º dia seguido, Argentina bate recorde de casos em 24 h do novo coronavírus
Onda de frio paralisa nuvem de gafanhotos e facilita combate na Argentina