Mississippi faz enquete para substituir bandeira com símbolo escravagista

Bandeira do estado é a última a trazer o emblema dos confederados, que lutaram contra o fim da escravidão negra durante a Guerra Civil Americana

Veronica Stracqualursi, da CNN
19 de agosto de 2020 às 05:00
Atual bandeira do Mississipi, com símbolo confederado; nova versão será colocada para votação popular em novembro deste ano
Foto: Reprodução/Reuters

O estado americano do Mississippi está ficando mais próximo de escolher uma nova bandeira estadual, que será colocada em votação no mês de novembro.

A comissão encarregada de desenhar a nova bandeira do estado selecionou cinco opções finalistas nesta terça-feira (18), que serão submetidas ao público para que o público se manifeste, depois que o estado decidiu remover o emblema confederado da sua bandeira.

O Mississippi era o último estado americano a possuir uma bandeira com o símbolo oriundo da Guerra Civil Americana (1861-1865) e que é considerado uma representação dos grupos que defendiam a manutenção da escravidão durante o conflito.

Finalistas para concorrer a ser a nova bandeira do Mississippi
Foto: Mississippi Department of Archives and History

Três das bandeiras finalistas trazem flores de magnólias, a flor símbolo do Mississippi, no centro. Em cada uma dessas bandeiras, a flor é circundada por um círculo de estrelas que representa o status do Mississippi como o 20º estado.

A quarta bandeira traz uma árvore de magnólias em um fundo azul.

Finalistas para concorrer a ser a nova bandeira do Mississippi
Foto: Mississippi Department of Archives and History

A última bandeira, conhecida como a "bandeira do grande rio", traz um escudo que reflete a inspiração do acordo territorial do Mississippi de 1798. Ela também inclui ondas que representam o rio do Mississippi, o Delta e a Costa do Golfo.

Finalistas para concorrer a ser a nova bandeira do Mississippi
Foto: Mississippi Department of Archives and History

Todas as opções incluem a expressão "Em Deus confiamos" ("In God, We Trust", em inglês), uma exigência da lei estadual. Cada desenho inclui uma estrela feita de diamantes para refletir a cultura e a história dos nativos americanos do Missippi. 

O chefe da tribo dos índios do Mississippi, Cyrus Ben, que faz parte da comissão da bandeira, afirmou anteriormente que o símbolo é significativo para a sua tribo, visto em roupas, bordados e desenhos de objetos, e representa a cascavel de Diamondbacks oriental.

Finalistas para concorrer a ser a nova bandeira do Mississippi
Foto: Mississippi Department of Archives and History

As cinco bandeiras foram publicadas no site do Departamento de Arquivos e História do Mississippi (MDAH, na sigla em inglês) para que o público vote. Ao longo do último mês, com a ajuda do MDAH, os integrantes da comissão selecionaram as opções de 3.000 candidatas primeiro para 146 opções, depois para nove.

Até segunda-feira (18) à tarde, em torno de 48 mil votos foram colocados na enquete para a população local escolher o favorito deles dentre os nove. "Isso mostra que o Mississippi tem muito interesse no que nós estamos fazendo", disse o presidente da comissão, Reuben Anderson, durante a reunião de terça.

"Nós estamos certos de que não vamos desapontá-los. Nós vamos dar a eles a maior bandeira que nós pudermos ter."

Finalistas para concorrer a ser a nova bandeira do Mississippi
Foto: Mississippi Department of Archives and History

A diretora do MDAH Katie Blount disse à CNN na terça-feira que "o nível de engajamento público se manteve muito alto durante todo" o processo de seleção.

Ela descreveu o processo como "positivo" e disse que os integrantes da comissão, escolhidos pelo governador do Mississippi, pelo vice-governador e pelo chefe do Legislativo, "trabalharam muito bem juntos" e ouviram uns aos outros e ao público.

"A troca (entre os integrantes da comissão) tem sido uma parte realmente importante do processo", diz Blount. A comissão vai se reunir novamente no final de agosto para revisar como as bandeiras ficarão em um mastro. As bandeiras serão hasteadas em frente ao Antigo Capitólio do Estado e abertos aos comentários do público.

Cada um dos desenhos deve passar por pequenas modificações para se enquadrar nas proporções da bandeira. Eles pretendem selecionar a bandeira final em 2 de setembro, para submetê-la ao governador Tate Reeves e o legislativo de Mississippi.

"A principal coisa é que todos, o público, precisa entender que essa é uma escolha que eles terão que fazer na votação de novembro", explica Bloun à CNN. O Mississippi retirou a bandeira do estado em junho, tendo sido esta a última bandeira estadual americana a conter a bandeira de guerra dos confederados.