Em coma, opositor de Putin chega a Berlim após suspeita de envenenamento

O crítico do Kremlin saiu de Omsk, na Rússia, na noite de sexta-feira para receber tratamento na capital alemã

Da CNN, em São Paulo
22 de agosto de 2020 às 05:36 | Atualizado 22 de agosto de 2020 às 05:45
Alexei Navalny
Foto: Instagram/ Reprodução

O voo que transportava o líder da oposição russa, Alexey Navalny, em coma após uma suspeita de envenenamento, pousou na manhã deste sábado (22) em Berlim, na Alemanha, de acordo com o site de rastreamento de voos Flightradar24.

O crítico do Kremlin saiu de Omsk, na Rússia, na noite de sexta-feira para receber tratamento na capital alemã.

No Twitter, sua porta-voz, Kira Yarmysh, escreveu: "o avião com Alexey voou para Berlim. Muito obrigado a todos pelo apoio. A luta pela vida e saúde de Alexey está apenas começando. Ainda há muito pela frente, mas agora, pelo menos, o primeiro passo foi dado".

Antes, Yarmysh postou uma foto mostrando a maca de Navalny sendo colocada na ambulância aérea. 

Avião que transportava Alexey Navalny até Berlim, na Alemanha
Foto: Reprodução/Twitter

Navalny, crítico do presidente russo Vladimir Putin, está em coma depois de adoecer por suspeita de envenenamento durante um voo de volta para Moscou da cidade siberiana de Tomsk. O avião fez um pouso de emergência em Omsk.

O opositor de Putin sugeriu anteriormente que ele poderia ter sido envenenado em julho do ano passado, enquanto estava sob custódia da polícia e sofreu uma misteriosa reação alérgica.