Revista 'Time' inclui Felipe Neto e Bolsonaro na lista dos 100 mais influentes

Os dois aparecem na edição Time 100 de 2020

Diego Freire, da CNN, em São Paulo
23 de setembro de 2020 às 00:56 | Atualizado 23 de setembro de 2020 às 04:52
Felipe Neto e Jair Bolsonaro
Foto: Reprodução

Dois brasileiros estão listados entre as 100 pessoas mais influentes de 2020, na nova edição do tradicional levantamento da revista Time. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o influenciador digital Felipe Neto aparecem na relação, divulgada na noite desta terça-feira (22) pela publicação americana.

Bolsonaro é destacado entre os "líderes" mais influentes do ano, ao lado de outros chefes de estado como Donald Trump (Estados Unidos), Xi Jinping (China), Angela Merkel (Alemanha), Narendra Modi (Índia) e Tsai Ing-Wen (Taiwan), além de figuras destacadas em 2020 - como Joe Biden (candidato democrata nas eleições americanas), Anthony Fauci (imunologista da Casa Branca) e Yousef Al Otaiba (embaixador dos Emirados Árabes Unidos nos EUA, um dos responsáveis pelo histórico acordo de seu país com Israel).

Leia também:
Somos vítimas de campanha brutal de desinformação, diz Bolsonaro; leia discurso

 

Ao justificar a menção a Bolsonaro, a revista cita o Brasil como um dos países mais afetados pela pandemia de Covid-19 e traz números de queimadas florestais, mas lembra que o presidente atingiu, em agosto, o maior índice de popularidade desde o início de seu mandato e menciona o pagamento do auxílio emergencial. O texto é escrito por Dan Stewart, editor de Internacional da Time.

Já Felipe Neto é listado como um dos "ícones" de maior influência em 2020, ao lado de nomes como os da filósofa Angela Davis (ativista pelos direitos da população negra e das mulheres), a tenista japonesa Naomi Osaka (vencedora do US Open, que utilizou máscaras para protestar por justiça racial antes de partidas), e Alicia Garza, Patrisse Cullors e Opal Tometi (co-fundadoras do movimento Black Lives Matter), entre outros.

"Quando Felipe Neto fala, milhões ouvem", diz texto do deputado federal David Miranda (Psol-RJ) que descreve o influenciador ao site da revista. Miranda classifica Neto como "o influenciador digital de maior importância no Brasil, possivelmente no mundo" e lembra sua oposição ao governo de Bolsonaro.

A edição impressa da Time 100, com as pessoas mais influentes de 2020, chegará às bancas americanas na sexta-feira (25).