Sítios arqueológicos no Peru voltam a receber turistas após meses fechados

Locais como Machu Picchu e as ruínas de Pachacamac voltaram a receber público seguindo protocolos de segurança

Da CNN, em São Paulo
16 de outubro de 2020 às 16:55

No Peru, sítios arqueológicos e outros pontos turísticos começaram a reabrir após meses fechados por causa da pandemia do novo coronavírus

Além do sítio arqueológico de Machu Picchu, um dos pontos turísticos mais famosos do mundo, a ruína de Pachacamac, nos arredores da capital Lima, já começou a receber turistas. O local foi construído mil anos antes do começo da civilização Inca.

Leia também

Machu Picchu reabre especialmente para turista japonês retido no Peru há 7 meses

Peru: Congresso rejeita impeachment e presidente permanece no cargo

Turistas voltam a ser permitidos nos sítios arqueológicos do Peru (15.out.2020)
Foto: CNN Brasil

Outros locais históricos também já abriram as portas ao público, como as ruínas de Huaca Pucllana, que fica dentro de Lima. Todos os locais estão sendo reabertos, com restrições para respeitar os protocolos de segurança contra a Covid-19.

O Peru tem mais de 33 mil mortes por coronavírus e quase 860 mil casos confirmados, mas as infecções começaram a desacelerar nas últimas semanas.