'Expectativa muito maior que em 2016', diz brasileira na Flórida sobre eleição

Talita Pinheiro fala sobre expectativas para o debate entre Donald Trump e Joe Biden

Da CNN
22 de outubro de 2020 às 11:24 | Atualizado 23 de outubro de 2020 às 00:35

Os dois principais candidatos a presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e Joe Biden, voltam a se encontrar nesta quinta-feira (22) para o segundo e último debate das eleições presidenciais de 2020 no país.

Em entrevista à CNN, a brasileira Talita Pinheiro, corretora de imóveis que mora na Flórida há 14 anos, comentou as expectativas para a votação das eleições americanas e como está o clima das campanhas dos dois candidatos. De acordo com ela, este pleito americano "será acirrado".

"Há uma expectativa muito grande para esta eleição, diferente do que ocorreu em 2016. Acho que as pessoas, na época, tinham pensado que o resultado estava garantido e agora elas perceberam que realmente faz a diferença votar. Eu estou superempolgada. Hoje eu vou votar antecipado para evitar um pouco as filas, mas está muito interessante", disse.

A corretora  vive em uma dos estados decisivos para as eleições americanas, os chamados 'swing states', que ainda não possuem resultados definidos. Ela afirma ainda que alguns locais de votação já estão registrando longas filas para a computação dos votos

Leia também:

A eleição nos EUA tem segundo turno? E se houver um empate? Entenda o formato
EUA têm recorde de votação antecipada, com 30 milhões de votos

Donald Trump e Joe Biden realizarão primeiro debate nas eleições dos Estados Unidos
Foto: CNN/ABC

"A Flórida é um estado que a gente ainda não sabe qual é o resultado. Eu, como corretora, quando vou mostrar algumas casas vejo placas do Trump e do Biden, mas realmente será uma disputa bastante acirrada, especialmente na Flórida e isso incentivou as pessoas a votarem", avaliou. 

"Alguns lugares eu soube que tem filas grandes. Eu fiz o registro para votar por correio, portanto, se eu achar que as filas estão grandes, eu posso enviar meu voto por ele. Mas isso é muito interessante porque mostra que as pessoas querem votar. Moro aqui há 14 anos e é a primeira vez que vejo as pessoas indo para as ruas para votar em seus candidatos", completa.

A CNN Brasil transmite o encontro entre Trump e Biden pela TV, site, YouTube, Facebook e Twitter, com tradução simultânea. A partir das 21h, horário de Brasília, o analista de internacional da CNN Lourival Sant'Anna traz as últimas informações sobre as eleições americanas. O debate começa às 22h. 

"Estou vendo uma programação muito grande para assistir o debate de hoje. Como Trump teve Covid-19 e não pôde participar antes, este debate cria ainda mais expectativa.", finalizou Talita.

(Edição de texto: Luiz Raatz)