Membros da equipe do vice de Trump testam positivo para Covid-19

Chefe de gabinete e dois outros membros da equipe de Mike Pence foram infectados pelo novo coronavírus

Kaitlan Collins, Jeremy Diamond, Daniella Diaz, Betsy Klein e Jim Acosta, da CNN
25 de outubro de 2020 às 11:24 | Atualizado 25 de outubro de 2020 às 12:28
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, em Nova York
Foto: Carlo Allegri - 11.set.2020 / Reuters

Marc Short, chefe de gabinete do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, e pelo menos outros quatro membros de sua equipe, testaram positivo para o novo coronavírus.

"Hoje, Marc Short, chefe de gabinete do vice-presidente, testou positivo para Covid-19. Ele começou a quarentena e está auxiliando no processo de rastreamento de contatos", disse o secretário de imprensa de Pence, Devin O'Malley, em comunicado no sábado (24).

Fontes próximas informaram à CNN que Marty Obst, um conselheiro sênior de Pence que não é funcionário do governo americano, e outro assistente do escritório do vice-presidente também testaram positivo.

Existem preocupações de que outros membros do círculo próximo de Pence irão testar positivo nos próximos dias, disse a fonte. "Eles estão com medo", afirmou sobre os membros da equipe do vice.

"Embora o vice-presidente Pence seja considerado um contato próximo de Short, em consulta com a Unidade Médica da Casa Branca ele decidiu que manterá sua programação de acordo com as diretrizes do CDC para pessoal essencial", completou.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve conhecimento do caso após voltar a Washington.

"Ele vai ficar bem, está em quarentena", disse Trump.

Leia também:
Casos de Covid-19 disparam em estados-chave a poucos dias da eleição nos EUA
Trump e Biden fazem debate final mais organizado, mas não abrem mão de ataques
Desde 1924 nenhum republicano é eleito sem vencer na Flórida
Enquanto os casos de Covid-19 batem recordes, Trump fala sobre petróleo

Rastro do vice-presidente

No sábado (24), Pence viajou para a Flórida para os comícios de campanha em Lakeland e Tallahassee.

O vice-presidente atravessou a pista do Fuzileiro Naval Dois com uma máscara e embarcou no Força Aérea Dois cerca de uma hora atrasado.

Pence saiu sem máscara do Força Aérea Dois, antes de descer as escadas e ir em direção ao palco do comício. A notícia de que um assessor próximo do vice-presidente dos EUA contraiu a doença ocorre dez dias antes da eleição presidencial no país.

Mike Pence iniciou uma série de viagens de campanha na última semana. Entre os destinos estão Indiana, Ohio, Pensilvânia e New Hampshire. Ele e Short foram vistos sem máscaras durante esta última parada, quinta e sexta-feira, na Flórida.Apesar de Pence ter tido contato próximo com Short, o vice-presidente planeja continuar fazendo campanha.

No fim do sábado (24), seu gabinete divulgou sua programação para o domingo (25), que inclui mais viagens e declarações em um comício de campanha na Carolina do Norte.

(Texto traduzido, clique aqui para ler o original em inglês)