Com casos de Covid-19 em alta, Nova York voltará a fechar escolas públicas

Medida começa a valer já nesta quinta (19), anunciou prefeito

da CNN*
18 de novembro de 2020 às 16:49 | Atualizado 18 de novembro de 2020 às 17:55

 

O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, anunciou nesta quarta-feira (18) que fechará as escolas públicas para aulas presenciais a partir de quinta (19), para tentar frear a transmissão de Covid-19. 

Leia também:

Bares, restaurantes e academias de Nova York terão que fechar às 22h

Paciente com Covid-19 é transportado para dentro de ambulância em Nova York
Foto: Lucas Jackson/Reuters (24.abr.2020)


"A cidade de Nova York alcançou o patamar de média de 3% dos testes positivos nos últimos sete dias. Infelizmente, isso significa que as instalações de escolas públicas estarão fechados a partir de amanhã, 19 de novembro, como uma abundância de prevenção. Precisamos lutar contra a segunda onda de Covid-19", escreveu ele no Twitter.

De acordo com o departamento de Educação da cidade, o ensino continuará de forma remota. 

A cidade confirmou 7.790 casos e 44 mortes na última semana, de acordo com a departamento de Saúde local. 

(*Com informações da Reuters)