Democratas reelegem Nancy Pelosi à presidência da Câmara nos EUA

Em 2019, ela afirmou que serviria por mais quatro anos como presidente; mandato pode ser o último

da CNN*
18 de novembro de 2020 às 14:38 | Atualizado 18 de novembro de 2020 às 14:40
A presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi
Foto: Erin Scott/Reuters (8.out.2020)

 

Os democratas da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos indicaram Nancy Pelosi à presidência do próximo mandato da Câmara, nas eleições da liderança que aconteceram nesta quarta-feira (18). 

Ela não enfrenta nenhum adversário, mas ainda deve conseguir 218 votos democratas, uma maioria simples, em uma votação em plenário que acontecerá em janeiro. 

Leia também:

Congresso dos EUA terá um número recorde de mulheres

Pelosi não disse se o próximo mandato será seu último como presidente em seu discurso, de acordo com uma fonte que ouviu suas declarações. Em 2019, ela disse que só iria servir mais quatro anos como presidente, o que significa que o próximo mandato seria o derradeiro. 

A eleição acontece em meio a perdas dos democratas na Casa. A apuração do pleito geral, que aconteceu no último dia 3, ainda não foi finalizada, mas os republicanos ganharam nove assentos — vencendo em 12 distritos que eram democratas e perdendo três sobre os quais tinham controle. 

"Não vencemos todas as batalhas na Câmara, mas vencemos a guerra", disse Pelosi depois da eleição, dizendo que, independentemente do resultado das corridas pendentes, os democratas ainda manterão a maioria na Casa depois de janeiro de 2021. 

(Com informações de Chris Cillizza, Kristin Wilson, Clare Foran, Daniella Diaz e Sarah Fortinsky, da CNN Internacional)