Elizabeth II e Philip comemoram 73 anos de casados com cartão feito por bisnetos

Palácio de Buckingham divulgou um foto da monarca e do marido sorridentes olhando um cartão feito pelos bisnetos

Michael Holden, da Reuters
20 de novembro de 2020 às 17:42
Rainha britânica Elizabeth e seu marido, príncipe Philip, em retrato oficial de comemoração do 73º aniversário de casamento, com cartão feito pelos bisnetos
Foto: Chris Jackson/Getty Images Europe/Divulgação/Reuters

 

A rainha britânica Elizabeth II e o príncipe Philip comemoraram seu 73º aniversário de casamento nesta sexta-feira (21), uma ocasião que não puderam compartilhar com a família durante o atual lockdown imposto por causa do coronavírus na Inglaterra.

Elizabeth, de 94 anos, e Philip, de 99, casaram-se na Abadia de Westminster, em Londres, no dia 20 de novembro de 1947, só dois anos após o fim da Segunda Guerra Mundial.

"Obrigado a todos por seus votos gentis no 73º aniversário de casamento da rainha e do duque de Edimburgo", disse o Palácio de Buckingham no Twitter.

Leia e assista também

Rainha Elizabeth II faz primeira aparição pública desde o início da pandemia

Rainha Elizabeth II completa 25 mil dias no poder

CNN revela os segredos dos palácios de Elizabeth II

Marido da Rainha Elizabeth, príncipe Philip completa 99 anos com discrição

Para marcar a ocasião, o palácio divulgou um foto da monarca e do marido sorridentes olhando um cartão feito pelos bisnetos príncipe George, princesa Charlotte e príncipe Louis, assim como outros cartões e cartas de bons votos.

A foto foi tirada no Castelo de Windsor, residência da rainha no oeste de Londres que o casal está ocupando durante o lockdown.

Como lembrete dos primeiros dias do casamento, Elizabeth estava usando um broche de crisântemo feito de safiras e diamantes que usou em fotos tiradas em Broadlands, no sul inglês, durante a primeira parte da lua de mel.

Embora cronistas da realeza digam que Elizabeth e Philip tiveram seus altos e baixos, eles evitaram os dissabores de três de quatro dos filhos, cujos casamentos terminaram em divórcios – com destaque para a união malfadada do príncipe Charles com a falecida princesa Diana, sua primeira esposa.