Forças rebeldes dizem ter 'destruído totalmente' divisão do exército da Etiópia

Forças rebeldes da região do Tigré, que lutam contra o governo da Etiópia, disseram ter "destruído completamente" a 21ª divisão mecanizada do exército etíope

Por Omar Mohammed, da Reuters
24 de novembro de 2020 às 04:17
Exercício das Forças Armadas etíopes
Foto: FDRE Defense Force/ Reprodução


 

As forças que lutam contra o governo federal da Etiópia na região norte de Tigrré disseram ter "destruído completamente" a 21ª divisão mecanizada do exército etíope, disse um porta-voz das forças de Tigré, Getachew Reda, nesta terça-feira.

Leia também:
Primeiro-ministro etíope dá ultimato para rendição de forças regionais do Tigré

Um ano após premiê ganhar Nobel da Paz, Etiópia está à beira de guerra civil

Um porta-voz do governo etíope foi procurado, mas não comentou o caso à agência Reuters. Não foi possível para agências internacionais verificarem as declarações feitas por ambos os lados, uma vez que as conexões de telefone e internet para a região de Tigré estão desativadas e o acesso à área é estritamente controlado.

Desde o início do conflito em 4 de novembro, centenas de pessoas foram mortas e cerca de 40.000 fugiram para o vizinho Sudão.

Na segunda-feira, os Estados Unidos pediram mediação entre o governo federal da Etiópia e a Frente de Libertação do Povo Tigré (TPLF).

"Os Estados Unidos pedem mediação na Etiópia e appiam os esforços liderados por Cyril Ramaphosa (presidente da África do Sul) e a União Africana para encerrar esse trágico conflito agora", disse o Conselho de Segurança Nacional do governo dos EUA em uma postagem no Twitter na noite de segunda-feira.