Sobrecarga faz hospital dos EUA tratar pacientes de Covid-19 no estacionamento

No estado de Nevada, onde fica o centro médico, os números de internações estão aumentando diariamente desde outubro

Leah Asmelash, CNN
09 de dezembro de 2020 às 11:23
Leitos hospitalares de apoio no estacionamento do Centro Médico Regional Renown, em Reno. Arquivo: 11 de novembro de 2020.
Foto: Jason Bean/Reno Gazette Journal/USA Today Network

Como o número de casos de Covid-19 levando instalações médicas dos Estados Unidos ao limite da capacidade, um hospital adotou uma medida incomum: tratar pacientes no estacionamento.

O Centro Médico Regional Renown em Reno, Nevada, transformou seu pátio de estacionamento em um “Local de Tratamento Alternativo”, na tentativa de atender os pacientes adicionais da Covid-19. Desde a abertura, no mês passado, o local já tratou mais de 200 pessoas.

Não é algo comum, e o médico Jacob Keeperman, que trabalha no local, reconhece isso. “É um lugar que eu nunca pensei que usaria para cuidar de um ser humano”, afirmou ele à CNN.

Leia e assista também:

EUA: Cientista que acusou manipulação em dados da Covid-19 é alvo de operação

As frases do ano nos EUA: 'Use uma máscara' e 'Não consigo respirar'

No entanto, nem todo mundo é fã das novas instalações. Quando o doutor Keeperman tuitou uma foto da garagem com macas no mês passado, o presidente Donald Trump retuitou o post chamando as instalações de “fake” (falsas), acrescentando que havia “resultados eleitorais falsos em Nevada, também!”

Em 1º de dezembro, o governador de Nevada, Steve Sisolak, respondeu ao ataque de Trump, chamando-o de um exemplo de retórica enganosa e perigosa sobre a Covid-19.

“É injusto ele continuar a espalhar mentiras e semear desconfiança em um momento em que todos os norte-americanos deveriam estar unidos durante esta crise histórica de saúde pública. Basta!”, disse o governador em um comunicado, no dia 10 de dezembro, quando também elogiou o centro médico Renown e os profissionais de saúde por seu trabalho.

As internações em Nevada continuam atingindo níveis históricos e têm aumentado constantemente desde outubro, de acordo com dados estaduais.

A taxa de testes positivos para o coronavírus vem aumentando em Nevada de forma constante desde setembro, atingindo seu recorde nesse período.

(Texto traduzido, clique aqui para ler o original em inglês).