1ª dose da vacina da Pfizer será aplicada nos EUA em menos de 24 h, diz Trump

Anúncio foi feito pouco depois que a agência reguladora do país concedeu autorização de uso emergencial para o imunizante

Reuters
12 de dezembro de 2020 às 02:11
O atual presidente dos EUA, Donald Trump
Foto: Leah Millis - 26.out.2020 / Reuters

O atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na noite dessa sexta-feira (11), após a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, em inglês) aprovar o uso emergencial da vacina contra Covid-19 da Pfizer, que a primeira dose será aplicada no país em menos de 24 horas.

Assista e leia também:
México aprova uso emergencial de vacina contra Covid-19 da Pfizer
Governo fecha acordo para comprar vacina da Pfizer
Depois de tomar vacina, ainda preciso usar máscara?

“A primeira vacina será administrada em menos de 24 horas”, afirmou ele em um vídeo divulgado no Twitter. “Nosso país alcançou um milagre médico. Entregamos uma vacina segura e eficaz em apenas nove meses. Essa é uma das maiores conquistas científicas da história. Vai salvar milhões de vidas e acabará em breve com a pandemia de uma vez por todas”, disse Trump.

A FDA concedeu a autorização de uso emergencial para a vacina, desenvolvida em parceria com a alemã BioNTech, que se mostrou 95% eficaz na prevenção da doença na fase final de estudos.

A agência reguladora norte-americana informou que a vacina pode ser aplicada em pessoas com 16 anos ou mais. Funcionários da área da saúde e idosos devem ser os primeiros a serem vacinados com o primeiro lote do imunizante – 2,9 milhões de doses.

O governo dos EUA disse que iria começar a distribuir a vacina pelo país imediatamente após a autorização da FDA, e as primeiras aplicações devem ser administradas no começo da próxima semana.