Suíça aprova registro definitivo da vacina da Pfizer/BioNtech contra Covid-19

Agência reguladora de medicamentos no país disse que imunizante se beneficiou de procedimento contínuo e mostrou segurança, eficácia e qualidade

Arnaud Siad e Nadine Schmidt, da CNN
19 de dezembro de 2020 às 10:33 | Atualizado 26 de fevereiro de 2021 às 10:05
Ilustração de vacina contra Covid-19 da Pfizer
Ilustração de vacina contra Covid-19 da Pfizer
Foto: Saulo Angelo/Futura Press/Estadão Conteúdo (2.dez.2020)

A Suíça aprovou o registro para uso definitivo da vacina da Pfizer/BioNTech contra o novo coronavírus no país, disse neste sábado (19) a agência reguladora suíça de medicamentos, Swissmedic.

“Os dados disponíveis até o momento mostraram um alto nível comparável de eficácia em todas as faixas etárias investigadas, atendendo assim aos requisitos de segurança”, disse a Swissmedic em comunicado em seu site.

"A segurança dos pacientes é um pré-requisito essencial, especialmente no que diz respeito à autorização de vacinas", disse o diretor da Swissmedic, Raimund Bruhin, na nota. 

"Graças ao procedimento contínuo e às nossas equipes organizadas de forma flexível, nós conseguimos tomar uma decisão rapidamente – ao mesmo tempo em que satisfazemos totalmente os três requisitos mais importantes de segurança, eficácia e qualidade."

Assista e leia também:
CEOs de grandes empresas são favoráveis à exigência de vacinação contra Covid-19
Joe e Jill Biden receberão vacina da Pfizer na próxima segunda-feira
Aliança Covax dobra oferta global de fornecimento de vacinas para 2 bi de doses
Pfizer pede aprovação de vacina contra Covid-19 no Japão

A Agência Europeia de Medicamentos, que regula o uso de remédios na União Europeia, à qual a Suíça não pertence, ainda está avaliando a vacina e convocou uma reunião excepcional no dia 21 de dezembro para potencialmente conceder sua autorização.

Novas restrições no país

A Suíça anunciou na sexta-feira (18) novas medidas contra o novo coronavírus que incluem o fechamento de restaurantes, bem como centros culturais, esportivos e recreativos de 22 de dezembro a 22 de janeiro para conter a disseminação do vírus.

A Suíça e o principado vizinho de Liechtenstein registraram na sexta-feira 4.478 novas infecções por coronavírus em 24 horas, de acordo com o Escritório Federal Suíço de Saúde Pública. 

A contagem total de infecções por Covid-19 na Suíça é de 403.989, com 6.561 mortes causadas pela Covid-19, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

A situação se deteriorou drasticamente nos últimos dias e semanas'', disse a presidente da Confederação Suíça, Simonetta Sommaruga, a repórteres em uma entrevista coletiva.

Ela disse que o sistema de saúde suíço está sob pressão e “por isso são necessários freios adicionais”.

(Texto traduzido; leia o original em inglês)