Explosão no centro de Nashville, nos Estados Unidos, deixa três feridos

De acordo com a polícia, a explosão aparenta ter sido intencional

Giulia Alecrim, da CNN, em São Paulo*
25 de dezembro de 2020 às 12:48 | Atualizado 26 de dezembro de 2020 às 01:28


 
 

Um carro explodiu no centro da cidade de Nashville, no Tennessee, por volta das 6h30 (hora local) desta sexta-feira (25). Pelo menos três pessoas ficaram levemente feridas e foram levadas para hospitais locais. Ninguém corre risco de vida. 

O caso ainda está sendo investigado por multiplas autoridades, locais e federais. De acordo com informações preliminares, a polícia teria recebido um chamado que reportava a presença de um carro suspeito estacionado na rua.

Leia também:
Avalanche no Irã mata alpinista, diz ONG Crescente Vermelho
Terremoto de magnitude 6,3 atinge o sul da ilha de Luzon, nas Filipinas

Ao chegar ao local, os policiais solicitaram a presença do departamento especializado em ameaças e bombas. Instantes depois, o carro teria explodido.

De acordo com Don Aaron, porta-voz da Polícia Metropolitana de Nashville, a explosão aparenta ter sido intencional. 

Destaques do CNN Brasil Business:
Avaliado em US$ 150 mil, Hot Wheels de 1969 pode ser o mais caro do mundo
Mega da Virada: sortudo já faturou sozinho R$ 289 milhões; veja maiores prêmios

O prefeito de Nashville, John Cooper, afirmou que dezenas de prédios ficaram danificados, a maioria com vidros estilhaçados. Alguns deles precisaram ser evacuados.

Testemunha ocular do incidente, Buck McCoy disse à CNN que a explosão ocorreu na frente de sua casa, causando explosão das suas janelas. "A rua toda estava pegando fogo. Havia três carros engarrafados", disse. "Não sobrou nada na 2ª avenida."

Possíveis restos humanos

Na noite da sexta-feira, o chefe de polícia do Tennessee confirmou que foi encontrado, próximo ao incidente, um material que pode ser o resto mortal de uma ou mais pessoas.

Ainda em investigação, o material pode estar relacionado a alguém que estaria dentro do veículo ou a uma pessoa que estivesse passando pelo local na hora da explosão.
 

(*Com informações da CNN internacional)