Residência de vice recebe proteção comparável à adotada logo após 11 de Setembro


Betsy Klein, da CNN
13 de janeiro de 2021 às 12:00 | Atualizado 13 de janeiro de 2021 às 12:07
Local foi protegido por barreiras de concreto e arame
Local foi protegido por barreiras de concreto e arame
Foto: CNN

Durante a madrugada desta quarta-feira (13), o perímetro ao redor da residência do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, foi fortificado com cerca de arame reforçada com barricadas de concreto. O local é conhecido como Observatório Naval dos EUA.

Esse nível de barreiras físicas de segurança ao redor da residência do vice-presidente não tem precedentes, com exceção do que foi visto logo após os ataques de 11 de setembro.

Leia e assista também:

Câmara dos EUA começa a votar pedido de impeachment contra Donald Trump

Governo turbulento e sem lei de Trump terminará com 2º impeachment histórico

A mudança aconteceu uma semana depois de o presidente Donald Trump incitar a invasão do Capitólio dos Estados Unidos, e horas antes de ele se tornar o primeiro presidente dos Estados Unidos a ser submetido a dois processos de impeachment.

O aumento da segurança ocorre em meio a preocupações de que mais protestos possam acontecer na capital Washington e em todo o país durante os próximos dias.

Além disso, há grande bloqueios de ruas e estradas ao redor da Casa Branca e cercas adicionais com barricadas de concreto foram erguidas ao redor do complexo central do governo federal dos EUA. Medidas de segurança semelhantes foram tomadas durante o verão, em meio a protestos por justiça racial.