Alemanha detecta mais 30 casos de peste suína africana em javalis selvagens

A doença não afeta humanos, mas é fatal para porcos

Reuters
20 de janeiro de 2021 às 18:50
Foto: Reprodução/ Pixabay

Mais 30 casos de peste suína africana (PSA) foram detectados em javalis selvagens no leste da Alemanha, disseram autoridades nesta quarta-feira (20), indicando que o surto da doença entre animais selvagens – que interrompeu as exportações de carne suína alemã para a China – continua.

Os novos casos foram descobertos no Estado de Brandemburgo, levando o total de infecções confirmadas da doença em javalis selvagens no Estado a 527, disse o Ministério da Saúde de Brandemburgo.

Em conjunto com os 17 casos verificados no Estado da Saxônia, no oeste do país, os novos registros levam o total na Alemanha a 544.

Cercas de contenção para que os animais não cruzem terrenos
Foto: Annegret Hilse/ Reuters

Todos os casos foram detectados em animais selvagens, sem que criações em fazendas tenham sido afetados.

No entanto, dois dos 30 novos casos reportados foram detectados a cerca de 2 quilômetros de uma zona-chave onde outros casos já haviam sido descobertos, disse o ministério de Brandemburgo.

Cercas elétricas foram construídas em torno da área onde os últimos casos foram registrados.

China, Coreia do Sul e Japão proibiram importações de carne suína provenientes da Alemanha em setembro de 2020, depois que a PSA foi descoberta em javalis selvagens no país.

A doença não afeta humanos, mas é fatal para porcos.