Ao abrir show da posse de Biden, Tom Hanks critica 'sectarismo' nos EUA

Hanks terminou sua fala inicial dizendo que o sonho americano “não tem limites” e que ele “ressoará” para além deste dia.

Da CNN, em São Paulo
20 de janeiro de 2021 às 23:08 | Atualizado 20 de janeiro de 2021 às 23:10

Apresentador do Celebrating America, show que comemora a posse de Joe Biden, Tom Hanks falou, no seu discurso de abertura, sobre o “sectarismo” nos Estados Unidos, nos últimos anos, e ressaltou os valores americanos.

“Nos últimos anos, vimos um grave sectarismo e muitos ataques à nossa nação, mas nessa noite vimos nos Estados Unidos da América, os verdadeiros fundamentos de nosso país. Celebrar a posse é mais que uma tradição, é um compromisso com a verdade,” disse o ator.

Hanks terminou a fala inicial dizendo que o sonho americano “não tem limites” e que ele “ressoará” para além deste dia.

Tom Hanks apresentando o Celebrating America, show que comemora a posse de Joe B
Tom Hanks apresentando o Celebrating America, show que comemora a posse de Joe Biden (20.jan.2021)
Foto: CNN Brasil


(Publicado por Sinara Peixoto)