Biden vai restabelecer restrições de voos que haviam sido banidas por Trump

Biden também estenderá as restrições aos viajantes que estiveram recentemente na África do Sul, disse a fonte

Arlette Saenz, da CNN
24 de janeiro de 2021 às 18:37 | Atualizado 25 de janeiro de 2021 às 10:23

 


 O presidente americano Joe Biden, vai restabelecer nesta segunda-feira (25) as restrições de viagem do Covid-19 para cidadãos não-americanos que estiveram no Brasil, Irlanda, Reino Unido e grande parte da Europa, confirmou um funcionário da Casa Branca à CNN.

Biden também estenderá as restrições aos viajantes que estiveram recentemente na África do Sul, disse o funcionário.

A medida, que foi relatada primeiro pela Reuters, ocorre apenas uma semana depois que o então presidente Donald Trump assinou uma ordem executiva suspendendo as restrições a viajantes desses países a partir de 26 de janeiro. A equipe de transição de Biden prometeu na época que o novo governo não suspenderia o restrições.

 

 

"Com o agravamento da pandemia e mais variantes contagiosas emergindo em todo o mundo, não é hora de suspender as restrições às viagens internacionais", disse o secretário de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, no Twitter .

"Seguindo o conselho de nossa equipe médica, o governo não pretende suspender essas restrições em 26/01. Na verdade, planejamos fortalecer as medidas de saúde pública em relação às viagens internacionais para mitigar ainda mais a disseminação da Covid-19."