Entenda o futuro de Derek Chauvin após ser condenado por matar George Floyd

A decisão do júri ainda precisa passar por um juiz para que a sentença seja dada

Amir Vera, CNN
21 de abril de 2021 às 13:56
Momento em que Derek Chauvin é levado sob custódia pela polícia
Momento em que Derek Chauvin é levado sob custódia pela polícia, após ouvir seu veredicto
Foto: Reprodução

O júri declarou culpado o ex-oficial da polícia de Minneapolis, Derek Chauvin, pelo crime de assassinato de George Floyd. O veredicto, dado na terça-feira (20), rendeu ondas de comemoração por todo os Estados Unidos após anos de protestos contra a brutalidade policial. Mas e agora? O que acontecerá com Chauvin?

Sentença será aplicada em 8 semanas 

A sentença será dada pelo juiz Peter Cahill daqui oito semanas. Nos EUA é comum que o condenado só saiba o tempo que ficará preso dias ou semanas após sua sentença.

Chauvin, que estava em liberdade desde outubro após pagar fiança, teve sua liberdade revogada pelo juiz e terá de aguardar a sentença na prisão. Ele inclusive deixou o julgamento algemado.

 O ex-policial foi transferido para o Centro Penitenciário de Minnesota-Oak Park Heights, de acordo com a porta-voz do Departamento de Correções de Minnesota, Sarah Fitzgerald. Ele está lá após um acordo firmado entre o Gabinete do Xerife do Condado de Hennepin e o Departamento de Correções de Minnesota, disse Fitzgerald à CNN.

O que o juiz irá considerar ?

Para determinar a sentença, o juiz Cahill analisará principalmente dois fatores: que o assassinato de Floyd aconteceu na frente de uma criança e o abuso de poder de policiais com civis.

Chauvin pode pegar até 40 anos de prisão por homicídio em segundo grau (não intencional), até 25 anos por homicídio em terceiro grau e até 10 anos por homicídio culposo. Essas são as penas máximas.

As diretrizes de condenação de Minnesota recomendam cerca de 12,5 anos de prisão para cada acusação de homicídio e cerca de quatro anos para a acusação de homicídio culposo.

Neste caso, porém, o estado pediu uma sentença mais dura do que as recomendações já que Floyd estava vulnerável e Chauvin era um policial em uniforme, atuando na posição de autoridade.

E os outros policiais acusados? 

Os três outros policiais que respondem por acusações pela morte de Floyd devem ser julgados juntos em agosto. Tou Thao, Thomas Lane e J. Alexander Kueng são acusados de ajudar e encorajar homicídio em segundo grau.

Eric Levenson e Aaron Cooper da CNN contribuíram para este relatório.

(Texto traduzido. Clique aqui para ler a versão em inglês)