Familiares homenageiam vítimas de acidente de submarino da Indonésia

Famílias pedem às autoridades que resgatem os corpos; operação será de difícil execução

Yuddy Cahya Budiman, Angie Teo e Agustinus Beo Da Costa, da Reuters, na Indonésia
26 de abril de 2021 às 14:21
Familiares de vítimas de naufrágio de submarino na Indonésia prestam homenagens
Pessoas jogam pétalas de flores com nomes dos marinheiros que morreram em submarino no litoral da Indonésia, em 26/04/2021
Foto: Antara Foto/Fikri Yusuf via Reuters

A Marinha da Indonésia tentava decidir nesta segunda-feira (26) como resgatar os restos de um submarino no leito do Mar de Bali e recuperar os corpos dos 53 marinheiros que morreram a bordo.

A embarcação de fabricação alemã KRI Nanggala-402 foi encontrada partida em ao menos três partes no domingo (25), quatro dias depois de perder contato enquanto se preparava para realizar um teste de torpedos.

Familiares das vítimas se reuniram no litoral de Bali nesta segunda-feira para prestar suas homenagens aos marinheiros que morreram e pediram que as autoridades retirem os corpos do fundo do mar.

Especialistas dizem que erguer o submarino das águas profundas será uma tarefa desafiadora que exigirá equipamentos especiais de resgate.

Um porta-voz da Marinha da Indonésia disse que uma operação de recuperação ainda está sendo debatida com especialistas e organismos internacionais.

"Analisaremos as fotos e vídeo submarinos, a correnteza etc para decidir a tecnologia que será usada", disse o almirante Julius Widjojono.

Uma varredura de sonar detectou ao menos três partes do submarino a uma profundidade de 850 metros, muito além da capacidade de imersão do Nanggala.

Parentes do tripulante I Gede Kartika se reuniram em Celukan Bawang, no litoral norte de Bali, nesta segunda-feira. Alguns levaram incenso e flores e seguravam fotos emolduradas do marinheiro usando o uniforme naval. Outras entraram no mar para espalhar pétalas solenemente na água.