Mulher no Mali dá à luz nove bebês; dois a mais que esperado

O nascimento múltiplo foi anunciado por ministro do Mali, mas ministro do Marrocos, país do nascimento, disse não ter conhecimento do evento

Stephanie Halasz e Amy Woodyatt, da CNN
05 de maio de 2021 às 15:55 | Atualizado 05 de maio de 2021 às 16:09
Nascimento múltiplo de nove bebês
Halima Cisse deu à luz a nove bebês, mas os ultrassons indicaram apenas sete bebês durante a gravidez
Foto: Handout/Ministério da Saúde do Mali

Uma mulher no Mali deu à luz a nove bebês – dois a mais do que os sete previamente detectados por ultrassons – de acordo com o ministério da saúde local.

Ultrassons realizados no Mali e no Marrocos indicaram que Halima Cisse estava esperando sete crianças – mas na terça-feira (4), ela pariu cinco meninas e quatro meninos, disse Fanta Siby, ministro da saúde e desenvolvimento social em nota.

Cisse deu entrada em uma clínica marroquina após uma estadia de duas semanas em um hospital na capital do Mali, Bamako, acrescentou o pronunciamento.

Todas os bebês nasceram a partir de uma cesariana, e a mãe e os recém-nascidos estão se recuperando bem, segundo Siby.

Um porta-voz do ministro da Saúde do Marrocos, Rachid Koudhari, disse que não ele não tinha conhecimento sobre o nascimento múltiplo ter ocorrido em um dos hospitais do país, fala reportada pela agência de notícias AFP.

A CNN tentou contatar o ministro da saúde marroquino para comentar o assunto.

Nascimentos múltiplos são raros – nos Estados Unidos, 87,7 a cada 100.00 partos bem sucedidos são de trigêmeos ou mais, de acordo com dados de 2019 do CDC (Centro de Controle de Doenças, órgão regulador da saúde nos EUA).

O recorde de mais bebês nascidos em apenas um parto que sobreviveram pertence a Nadya Suleman, que em 2009 deu à luz a seis meninos e duas meninas na Califórnia, segundo o Guinness World Records. Os bebês, concebidos através de um tratamento de fertilização in vitro, nasceram através de uma cesariana.

(Texto traduzido. Leia o original em inglês).