Tiroteio deixa pelo menos oito vítimas na Califórnia, nos Estados Unidos

De acordo com o Gabinete do Xerife do Condado de Santa Clara, o suspeito da ação também foi morto

Stella Chan e Eric Levenson, da CNN
26 de maio de 2021 às 13:06 | Atualizado 26 de maio de 2021 às 15:39

Um tiroteio ocorrido em San Jose, na Califórnia, nos Estados Unidos, deixou múltiplas vítimas e pelo menos oito mortos em uma linha ferroviária, informou nesta quarta-feira (26) o integrante do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Clara, Russel Davis.

O suspeito do sexo masculino foi morto e funcionários da Valley Transportation Authority estavam entre as vítimas, e a extensão de seus ferimentos não foi imediatamente esclarecida, afirmou Davis.

As autoridades receberam ligações para o 911 por volta das 6h34, horário do Pacífico, dizendo que houve tiros disparados perto de um centro de controle da Valley Transportation Authority, um centro que armazena vários trens leves sobre trilhos e um pátio de manutenção.

Várias agências policiais e o Corpo de Bombeiros responderam ao incidente usando seu "protocolo de atirador ativo", disse Davis.

O presidente do conselho da VTA, Glenn Hendricks, disse que o tiroteio ocorreu no pátio ferroviário e não no centro de controle de operações. O serviço de metrô será suspenso durante o dia, disse ele.

"Uma tragédia horrível aconteceu hoje, e nossos pensamentos e amor vão para a família VTA, a organização e o que eles passaram", disse Hendricks.

Tiroteio deixou vítimas em San Jose, Califórnia
Foto: CNN

O VTA é um serviço de transporte público que opera serviços de ônibus e metrô leve no Vale de Santa Clara e emprega cerca de 2.000 trabalhadores.

O vídeo do pátio ferroviário VTA da afiliada KGO da CNN mostra uma grande presença da polícia no local, bem como várias ambulâncias. 

Agentes do Bureau de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos (ATF) responderam à cena, e o governador da Califórnia, Gavin Newsom, disse que estava monitorando a situação.

O prefeito de San Jose, Sam Liccardo, que também atua no conselho da VTA, referiu-se ao tiroteio como um momento muito sombrio para a cidade.

"Este é um dia horrível para nossa cidade, é um dia trágico para nossa família VTA", disse ele. "Sabemos que muitos estão sentindo profundamente esta perda de seus entes queridos e amigos."

O presidente da Amalgamated Transit Union International, um sindicato que representa os trabalhadores de trânsito, disse que o sindicato está "chocado e profundamente entristecido" pelo tiroteio.

"Nossos corações e orações estão com nossas irmãs, irmãos e suas famílias no Amalgamated Transit Union (ATU) Local 265", disse o presidente John A. Costa. “Estamos trabalhando para fornecer apoio e assistência às famílias das vítimas e a todos os afetados por este trágico evento”.

Em atualização