Putin quer dar impulso pré-eleitoral a partido com promessas de investimentos

O presidente também anunciou que seus aliados principais, os ministros da Defesa e de Relações Exteriores

Vladimir Soldatkin e Andrew Osborn, da Reuters
19 de junho de 2021 às 14:06
Putin discursando
Vladimir Putin, presidente da Rússia
Foto: Reuters

Neste sábado (19), o presidente Vladimir Putin procurou dar ao partido governante russo um impulso pré-eleitoral, ao prometer gastar muito em infraestrutura, educação e saúde.

Putin também anunciou que seus aliados principais, os ministros da Defesa e de Relações Exteriores, liderariam a campanha pelo partido governante Rússia Unida para as eleições parlamentares de setembro.

O crítico doméstico mais proeminente de Putin, Alexei Navalny, que está preso, e seus aliados, foram barrados das eleições após serem declarados "extremistas".

Em fala no congresso do seu partido, Putin elogiou o Rússia Unida por sua "capacidade de renovar e se desenvolver constantemente".

Putin propôs o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, e o alto diplomata Sergei Lavrov, para encabeçar a lista de candidatos do partido nas eleições.

"Tenho certeza de que o Rússia Unida estabelece o maior desafio para si mesmo, que é confirmar sua posição de liderança e garantir a vitória nas eleições", disse ele.

Putin não nomeou Dmitry Medvedev, o líder do partido, ex-presidente e primeiro-ministro, entre os principais candidatos. Pesquisas de opinião mostram Medvedev com índice de popularidade baixo.