Tempestade tropical Elsa se aproxima da costa da Flórida com perigo de tornados

Cidades entram em estado de emergência e cidadãos são orientados a não saírem de casa ou pegar estradas nesta quarta-feira

Jason Hanna e Hollie Silverman, da CNN
07 de julho de 2021 às 08:47 | Atualizado 07 de julho de 2021 às 09:26

Milhões de pessoas estão enfrentando risco de vida por causa das tempestades com ventos e chuvas fortes e potenciais tornados isolados que podem causar inundações para cima e para baixo na costa da Flórida, à medida que a tempestade tropical Elsa se aproxima do continente nesta quarta-feira (7).

A tempestade Elsa está se aproximando da costa oeste da Flórida com ventos máximos sustentados de 65 mph enquanto se move para o norte em rota de colisão com a região de Big Bend, onde deve chegar ao continente no final da manhã desta quarta-feira (7) ou no início da tarde.

A tempestade estava a cerca de 80 quilômetros a sudoeste de Cedar Key na manhã desta quarta-feira.

Os alertas de furacão estavam em vigor desde o rio Chassahowitzka, ao sul de Homosassa, Flórida, até o rio Steinhatchee.

Faixas de chuva e ventos fortes continuam a se espalhar pelo sudoeste e centro-oeste da Flórida, de acordo com o National Hurricane Center.

Embora o sistema tenha se enfraquecido para uma tempestade tropical na manhã de quarta-feira, depois de se tornar um furacão de categoria 1 na terça-feira (7), os alertas de furacão continuam em vigor para mais de quatro milhões de pessoas na Flórida. Mais de 12 milhões de pessoas estão sob alerta de tempestade tropical em três estados.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, expandiu sua declaração de estado de emergência na terça-feira para incluir um total de 33 condados enquanto os recursos locais, estaduais e de serviços públicos continuam a se preparar para a tempestade que se aproxima.

A Guarda Nacional da Flórida ativou 60 guardas para servir no Centro de Operações de Emergência do Estado e no Centro de Preparação de Logística, de acordo com um comunicado da Guarda. E estão preparados para incluir mais pessoal conforme necessário.

"Estamos bem equipados com ativos, incluindo veículos de rodas altas, helicópteros, barcos e geradores, e estamos nos preparando para possíveis missões que incluem assistência humanitária, operações de segurança, busca e resgate, aviação e muito mais", disse o guarda no comunicado.

Em Tampa, as autoridades pediram aos moradores não dirijam pelas estradas enquanto a tempestade se aproxima.

Municípios e serviços públicos se preparam 

Tanto o prefeito quanto o coordenador de emergências da cidade de Tampa postaram em uma mídia social na terça-feira para incentivar os residentes a ficarem em casa e se prepararem.

"Estamos preparados aqui na cidade de Tampa, mas precisamos que você faça sua parte também", disse a prefeita de Tampa, Jane Castor, em um vídeo postado no Twitter. "Não saia hoje à noite. Se você não precisa, não saia. Fique em casa."

"Queremos que todos estejam seguros em Tampa e ficaremos acordados a noite toda monitorando a tempestade para que você não precise fazer isso", acrescentou ela.

Mais cedo, o Coordenador de Emergências de Tampa, John Antapasis, disse que era hora dos residentes se protegerem antes do desembarque esperado.

"Agora é a hora de voltar para casa, sair das ruas e ficar seguro pelo resto da noite", disse ele. "Você deveria estar fazendo e finalizando seus planos para o furacão e garantindo que estará em um local seguro enquanto ... Elsa faz seu caminho pela nossa comunidade."

Antapasis alertou que as pessoas que precisam pegar a estrada devem verificar o mapa de inundações da cidade.

O administrador do condado de Manatee, Scott Hopes, também alertou as pessoas para se prepararem para a tempestade durante uma coletiva de imprensa na terça-feira.

“Por favor, finalizem seus planos e protejam suas casas e se preparem para entrar em um bunker e enfrentar essa tempestade”, disse Hopes.

Abrigos foram abertos em pelo menos cinco condados na terça-feira e dois condados emitiram ordens de evacuação voluntária.

A Duke Energy, que atende 1,8 milhão de clientes na Flórida, de acordo com seu site, está se preparando para as interrupções da tempestade.

A concessionária disse em um comunicado à imprensa na terça-feira que preparou 3.000 "tripulantes, empreiteiros, especialistas em árvores e outro pessoal" da concessionária, do condado de Pinellas ao norte da Flórida.

Trabalhadores e pessoal de apoio também foram trazidos das Carolinas, Indiana, Kentucky e Ohio, de acordo com o comunicado.

A Universidade da Flórida em Gainesville cancelou as aulas de quarta-feira em antecipação à tempestade, disse a universidade em um comunicado.

Avisos de tempestade tropical e de emergência 

Antes da chegada de Elsa na Flórida, alertas de tempestades tropicais foram emitidos na Geórgia, nas Carolinas e na Virgínia.

Os avisos se estendem ao longo das costas da Geórgia e da Carolina do Sul.

Um alerta de tempestade tropical foi emitido para toda a costa da Carolina do Norte e até Chincoteague, na Virgínia, e para a Baía de Chesapeake ao sul de New Point Comfort.

Na terça-feira, o governador da Geórgia, Brian Kemp, emitiu um estado de emergência em preparação para o impacto de Elsa.

“Este sistema de tempestade tem o potencial de produzir impactos destrutivos para a cidadãos em todas as regiões central, sul e costeiras do Estado da Geórgia e devido à possibilidade de árvores derrubadas, linhas de energia e detritos, a rede de estradas da Geórgia pode ficar intransitável nos condados afetados, isolando residências e pessoas do acesso a serviços públicos essenciais ", disse Kemp.

Um estado de emergência foi declarado em 91 dos 159 condados da Geórgia, de acordo com a ordem de Kemp. O pedido expira na quarta-feira à meia-noite, a menos que o governador decida renová-lo.

*Michael Guy da CNN, Rebekah Riess, Sara Weisfeldt, Dave Alsup, Devon Sayers, Tina Burnside e Camille Furst contribuíram para esta reportagem.

(Texto traduzido. Clique aqui para ler o original.)