Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Réveillon 2024: veja como foi celebração do Ano Novo no mundo

    Dando largada 17 horas antes do Brasil, Kiribati - país composto por um conjunto de ilhas no Pacífico - foi o primeiro lugar do mundo a celebrar a chegada do ano novo

    João Nakamurada CNN* São Paulo

    Fogos de artifício iluminam os céus noturnos em todo o mundo enquanto o público comemorava o ano novo.

    Dando largada 17 horas antes do Brasil, Kiribati – país composto por um conjunto de ilhas no Pacífico – foi o primeiro lugar do mundo a celebrar a chegada do ano novo.

    Às 10h em Brasília, os fogos também foram estourados na “Capital Mundial da Véspera de Ano Novo”, Sydney, na Austrália.

    Apelidada assim pelo governo local, a cidade colocou 7.000 fogos de artifício na Sydney Harbour Bridge, querendo que ela “dançasse com cores”.

    Além disso, na Casa de Ópera de Sydney, a festa acontece com direito a shows e queima de fogos ao longo de toda a noite. O evento começou a ser preparado três dias antes do Reveillón.

    Em entrevista à CNN Internacional, o coordenador da equipe de organização do evento, Dean Jacobowski, informa que a Casa de Ópera de Sidney foi equipada com 36 mil efeitos de tiro, 13 mil projéteis aéreos e mais de 75 mil efeitos pirotécnicos.

    Para quem tem curiosidade e quer acompanhar a festa na Austrália, a celebração é transmitida no site oficial da Véspera de Ano Novo de Sydney.

    Agora, às 14h em Brasília, foi a vez do céu da Tailândia ser tomado pela queima de fogos com a virada do ano novo.

    Queima de fogos na Tailândia durante Reveillón de 2023
    Queima de fogos na Tailândia durante Reveillón de 2023 / Reprodução: CNN Brasil

    Apesar de seguir um calendário diferente e sua celebração de ano novo lunar ser famosa pelo mundo, a China também comemorou o começo 2024 às 13h no Horário de Brasília.

    A queima de fogos não faltou no país ao qual é creditada a criação do artifício pirotécnico. A tradição chinesa vê no barulho dos fogos uma maneira de afastar os maus espíritos.

    Em Hong Kong, fogos e apresentações musicais marcaram a virada.

    Queima de fogos no Reveillón de 2023 em Hong Kong
    Queima de fogos no Reveillón de 2023 em Hong Kong / Reprodução: Reuters

    Mesmo em meio a tensões com a China continental, com o presidente Xi Jinping fazendo discurso no Ano Novo sobre reunificação, Taiwan não deixou de celebrar a virada. Na capital Taipei, a queima de fogos aconteceu na Torre 101, cenário tradicional do Reveillón por lá onde um display fazia a contagem regressiva para 2024.

    Queima de fogos no maior prédio de Taiwan, Torre 101
    Queima de fogos no maior prédio de Taiwan, Torre 101, durante o Reveillón de 2023 / Reprodução: Reuters

    Outros países que também já celebraram a chegada de 2024 foram o Japão e na Coreia do Sul, às 12h de Brasília

    Na Oceania, a Nova Zelândia comemorou a virada às 8h no Horário de Brasília.

    Localizada na capital do país, Auckland, a Sky Tower foi o cenário principal do Reveillón, soltando fogos quando a contagem regressiva para 1º de janeiro chegou a zero.

    Na Grécia, as comemorações aconteceram com uma espetacular e colorida queima de fogos de artifício que iluminou os antigos monumentos da Acrópole em Atenas.

    Comemoração do ano novo na Acrópole, em Atenas / Reprodução/Reuters

    Em Paris, as comemorações aconteceram na Champs Elysees, com uma queima de fogos no Arco do Triunfo, que levou milhares de pessoas às ruas.

    Comemoração de ano novo na Champs Elysees, em Paris / Reprodução/Reuters

    Que horas chegou o ano novo pelo mundo?

    As ilhas de Kiribati foram as primeiras a receber 2024, às 7h no Horário de Brasília. Em referência ao nosso fuso horário, o ano novo começa em outros países às:

    • 12h no Japão;
    • 13 em Pequim, China;
    • 14h na Tailândia e em Jacarta, Indonésia;
    • 16:30 em Nova Deli, Índia;
    • 17h em Dubai, Emirados Árabes Unidos;
    • 18h na Arábia Saudita e em Moscou, capital da Rússia;
    • 19h na Grécia e no Egito;
    • 20h na Alemanha, Itália e França;
    • 21h em Portugal e na Inglaterra.

    Em fuso diferente de Brasília, regiões do Brasil celebram o Reveillón em horários diferentes, sendo às:

    • 23h em Fernando de Noronha;
    • 1h do dia 1º de janeiro, no fuso do Amazonas;
    • 2h do dia 1º de janeiro, no fuso do Acre.

    Junto de Rio Branco, quem comemorou a chegada é a cidade de Nova York e a costa leste dos Estados Unidos, onde o Reveillón é celebrado em seis diferentes fusos.

    Centenas de milhares de pessoas na cidade de Nova York se reuniram na Times Square para a celebração do Ano Novo / Selcuk Acar/Anadolu via Getty Images

    Localizado na Polinésia, no Oceano Pacífico, o último lugar do mundo a entrar em 2024 foi a Samoa Americana. Território não incorporado dos EUA, o conjunto de ilhas só recebe o ano novo 8 horas após Brasília.

    *Sob supervisão de Fábio Castanho; com informações de CNN Internacional

    Veja também: Réveillon na Paulista deve ter “Evidências” na hora da virada