Após forte terremoto no Haiti, Biden determina auxílio imediato ao país

Diplomata Samantha Power foi designada para coordenar os esforços de ajuda; até o momento, há a confirmação de 227 mortes após os abalos de magnitude 7,2

Heloisa Villela, da CNN, em Nova York

Ouvir notícia

O governo dos Estados Unidos fornecerá auxílio imediato ao Haiti após um forte terremoto atingir o país na manhã deste sábado (14).

Os abalos de magnitude 7,2 foram sentidos em diversas regiões do Haiti e, até o momento, causaram ao menos 227 mortes

O presidente dos EUA, Joe Biden, designou a diplomata Samantha Power para coordenar o esforço de ajuda ao país, que em 2010 foi atingido por um forte terremoto que culminou em mais de 200 mil mortes. 

O número de vítimas do terremoto deste sábado deve aumentar nas próximas horas à medida em que as autoridades locais avançam nas buscas.

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, confirmou que o terremoto causou “várias mortes” em várias partes do país.

Segundo ele, “grandes danos” também foram registrados após os abalos atingirem a região de Grand’Anse, ao sudoeste do país, e Nippes, localizada a cerca de 150 quilômetros de Porto Príncipe.

O terremoto foi localizado a cerca de 12 quilômetros a nordeste de Saint-Louis-du-Sud e a 13 quilômetros de profundidade. 

Mais Recentes da CNN