“Asian Lives Matter”: asiáticos fazem manifestação nos EUA contra preconceito

De acordo com o Centro para o Estudo do Ódio e Extremismo, os crimes de ódio contra asiáticos-americanos aumentaram 149% após a pandemia de Covid-19

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

“Asian Lives Matter”, estas eram as palavras escritas em cartazes levantados por americanos e imigrantes que vivem nos Estados Unidos e lutam contra as diversas formas de violência que sofrem os integrantes de comunidades de origem asiática.

Centenas de manifestantes chamaram a atenção para o agravamento nos ataques preconceitusos no país desde o começo da pandemia de Covid-19.

Os atos aconteceram algumas semanas depois de um ataque em Atlanta, no qual a maioria das vítimas eram descendentes de asiáticos.

De acordo com o Centro para o Estudo do Ódio e Extremismo, os crimes de ódio contra asiáticos-americanos aumentaram 149% em 2020, em 16 grandes cidades, levando em consideração o ano de 2019, pré-pandemia. 

Asian Lives Matter
Asiáticos americanos protestam em cidades dos Estados Unidos.
Foto: Reprodução / CNN

Defensores dos Direitos Humanos dizem que o agravamento em meio a um longo histórico de discriminação é resultado de asiáticos serem responsabilizados pela pandemia de Covid-19, inclusive pelo ex-presidente Donald Trump que chamava o novo coronavírus de “vírus da China”. Esta retórica, segundo especialistas, teria inflamado o sentimento anti-asiático por parte da população. 

Brasileiros em protesto contra o preconceito aos asiáticos nos EUA
Brasileiros imigrantes em protesto contra o preconceito aos asiáticos. (28 março 2021)
Foto: Reprodução / CNN

 

Mais Recentes da CNN