AstraZeneca confirma atrasos em vacinas produzidas na América Latina

Segundo comunicado da AstraZeneca, o atraso não afeta o Brasil

Profissional da saúde prepara vacina AstraZeneca-Oxford para aplicação
Profissional da saúde prepara vacina AstraZeneca-Oxford para aplicação Foto: Valentyn Ogirenko/Reuters (5.mar.2021)

Reuters

Ouvir notícia

 A AstraZeneca confirmou retrocessos na produção de suas vacinas contra a Covid-19 na América Latina, excluindo o Brasil, mas disse que ainda cumprirá o compromisso de entregar 150 milhões de doses à região este ano.

A farmacêutica anglo-sueca disse, em um comunicado compartilhado com a Reuters na sexta-feira (30), que a produção abaixo do esperado, a escassez de suprimentos essenciais e os prazos mais longos para aprovação regulatória retardaram o processo.

 

(Reportagem de Adriana Barrera; Escrita de Stefanie Eschenbacher; Edição de Frank Jack Daniel)

Mais Recentes da CNN