Ataque a cerimônia no Afeganistão deixa ao menos 27 mortos e 52 feridos

Presidente Abdullah Abdullah estava no local, mas escapou sem ferimentos; ele confirmou o número de vítimas em entrevista à 'CNN'

Photo: Reuters/Reprodução

DA CNN Brasil, em São Paulo

Ouvir notícia

Pelo menos 27 pessoas morreram e 52 ficaram feridas no ataque a uma cerimônia no oeste de Cabul, capital do Afeganistão, nesta sexta-feira (6). O número de vítimas foi confirmado à CNN pelo presidente afegão Abdullah Abdullah, que estava no evento, mas escapou sem ferimentos.

Abdullah disse que houve uma pequena troca de tiros seguida pelo disparo de foguetes. Ainda de acordo com o presidente afegão, as forças de segurança ainda não controlaram a situação.

O presidente disse que não está claro que é responsável pelo ataque e garantiu que pedirá uma dura investigação sobre o caso.

A cerimônia homenageava o aniversário de morte do líder político afegão Abdul Ali Mazari. No ano passado, foram registradas explosões na mesma celebração que deixaram três mortos.

Este é o primeiro ataque na capital afegã desde a assinatura de um acordo no Catar entre os Estados Unidos e o Taleban, em 29 de fevereiro. O porta-voz do grupo, Zabiullah Mojahid, negou o envolvimento na ação.

Mais Recentes da CNN