Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ataque aéreo israelense mata 13 familiares em Gaza, incluindo 4 crianças, diz parente das vítimas

    Bombardeio teria acontecido em Khan Younis, no Sul da Faixa de Gaza; segundo o jornalista Hassan Eslayeh, outras quatro pessoas morreram

    Pessoas avaliam a causa da destruição causada pelos ataques aéreos israelenses na Cidade de Gaza
    Pessoas avaliam a causa da destruição causada pelos ataques aéreos israelenses na Cidade de Gaza Majdi Fathi/NurPhoto via Getty Images

    Kareem KhadderIbrahim DahmanMohammed Tawfeeqda CNN

    Treze membros de uma mesma família, incluindo quatro crianças, foram mortos num ataque aéreo israelense em Khan Younis, no Sul da Faixa de Gaza, neste domingo (8), segundo o jornalista Hassan Eslayeh, familiar das vítimas.

    O ataque aéreo também matou mais quatro pessoas e feriu outras 25, segundo Eslayeh. Ele também compartilhou com a CNN os nomes das pessoas que foram mortas.

    Imagens e um vídeo compartilhados nas redes sociais mostraram as quatro crianças da família Abu Daqqa, envoltas em roupas brancas, em um hospital em Gaza, com ferimentos visíveis na cabeça.

    Mohammad Abu Daqqa, um familiar, disse que cinco edifícios residenciais foram destruídos no ataque aéreo israelense. Cada prédio tinha três ou quatro andares de altura.

    “Eles nos atingiram com dois ou três barris de explosivos e derrubaram edifícios inteiros”, disse Abu Daqqa. “Apelamos aos países árabes e europeus para que interfiram. E à ONU para resolver esta situação, porque estamos numa situação terrível“, acrescentou Abu Daqqa.

    Alguns antecedentes: o Hamas, o grupo militante islâmico designado como organização terrorista pelos EUA, União Europeia e Israel, controla Gaza. O enclave densamente povoado é o lar de cerca de 2 milhões de palestinos.

    Israel declarou formalmente guerra ao Hamas no domingo, após o ataque surpresa do grupo no dia anterior, preparando o terreno para uma resposta militar massiva. Israel tem atacado Gaza com ataques aéreos.

    Pelo menos 370 palestinos foram mortos e outros 2.200 feridos em Gaza desde sábado, disse o Ministério da Saúde palestino.

    Veja também: EUA querem anunciar ajuda para Israel contra o Hamas neste domingo (8)

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original