Atores russos decolam com sucesso para gravação de filme no espaço

A espaçonave Soyuz MS-19 transportou a equipe de filmagem do projeto Vyzor, o diretor Klim Shipenko e a atriz Yulia Peresild, assim como o cosmonauta Anton Shkaplerov

Membros da equipe do Soyuz MS-19 incluem (a partir da esquerda) a atriz Yulia Peresild, o veterano cosmonauta russo Anton Shkaplerov e o produtor de cinema Klim Shipenko
Membros da equipe do Soyuz MS-19 incluem (a partir da esquerda) a atriz Yulia Peresild, o veterano cosmonauta russo Anton Shkaplerov e o produtor de cinema Klim Shipenko NASA

Da Reuters*

Ouvir notícia

A equipe russa, que inclui um diretor de cinema e uma atriz, saiu com sucesso do cosmódromo de Baikonur rumo à Estação Espacial Internacional para gravar o primeiro filme no espaço.

A espaçonave Soyuz MS-19 transportou a equipe de filmagem do projeto Vyzor, o diretor Klim Shipenko e a atriz Yulia Peresild, assim como o cosmonauta Anton Shkaplerov.

“O espaço é onde nos tornamos pioneiros e, apesar de tudo, mantemos uma posição bastante confiante. Para o nosso país, um voo que populariza nossas conquistas e que populariza o tema espacial em geral é muito legal”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres nesta terça-feira (5).

O filme “Desafio” fala sobre um médico, interpretado por Peresild, que precisa ir a uma estação orbital para salvar a vida de um astronauta.

A missão russa, que durará 12 dias, começou após a primeira tripulação civil a bordo da nave SpaceX, fundada pelo empresário Elon Musk. No entanto, os russos serão os primeiros a fazer um filme no espaço — no início deste ano, o ator Tom Cruise, juntamente com a Nasa e a SpaceX, anunciaram seu próprio projeto espacial.

Primeiro longa-metragem no espaço

Peresild e Shipenko, muito conhecidos na Rússia, foram selecionados depois que a agência espacial do país, Roscosmos, abriu um concurso para candidatos em novembro.

Os dois civis passaram por um treinamento rigoroso antes de sua excursão espacial. Com os substitutos, a atriz e o diretor se prepararam fazendo testes de centrifugação e de vibração, voos de treinamento em gravidade zero e treinamento de paraquedas.

A tripulação praticou fotografia, filmagem e uso de equipamentos com os quais interagirá na estação espacial.

Outros cosmonautas a bordo, incluindo Novitskiy, ajudarão e farão parte da equipe de filmagem, visto que seus recursos são mais limitados no ambiente espacial. Os cronogramas dos astronautas na estação espacial já estão bem definidos para poderem trabalhar em experimentos e cuidar das tarefas de manutenção necessárias e outras prioridades.

Segundo a Roscosmos, o filme faz parte de um “projeto científico e educacional de grande escala”, que inclui uma série de documentários a serem rodados sobre foguetes e empresas da indústria espacial e especialistas envolvidos na fabricação de veículos de lançamento, espaçonaves e infraestrutura espacial terrestre.

“O projeto vai tornar-se um exemplo claro de que os voos espaciais estão aos poucos se tornando disponíveis não só para profissionais, mas também para um leque cada vez mais amplo de interessados”, afirma a agência espacial russa.

(*Com informações de Ashley Strickland, da CNN)

Mais Recentes da CNN