Avó de Barack Obama, Mama Sarah morre aos 99 anos no Quênia

Ex-presidente dos Estados Unidos lamentou a perda nas redes sociais

Barack Obama ao lado da avó, Mama Sarah
Barack Obama ao lado da avó, Mama Sarah Foto: Reprodução/Twitter

da CNN*

Ouvir notícia

A avó do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, Sarah Obama, morreu nesta segunda-feira (29) enquanto recebia tratamento por uma doença não divulgada em um hospital em Kisumu, no Quênia Ocidental. Ela tinha 99 anos. 

“A morte de Mama Sarah é um grande baque para a nossa nação. Perdemos uma mulher forte e virtuosa, uma matriarca que unia a família Obama e que era um ícone dos valores familiares”, disse o presidente queniano, Uhuru Kenyatta, em comunicado. 

Mama Sarah, como era conhecida, foi a terceira mulher do avô paterno de Obama, Hussein Onyango Obama, e ajudou a criar o pai do ex-presidente, Barack Sr. 

Obama lamentou a perda pelo Twitter. “Minha família e eu estamos em luto pela perda de nossa amada avó, Sarah Ogwel Onyango Obama, carinhosamente conhecida por muitos como ‘Mama Sarah’, mas para nós, como ‘Dani’ ou vovó. Nós sentiremos muito a falta dela, mas celebraremos com gratidão a vida longa e extraordinária que teve”, escreveu. 

Mama Sarah ficou conhecida nos EUA após Obama, então senador, visitá-la no Quênia em 2006. Ele iria até lá outras vezes, em 2015, quando se tornou o primeiro presidente americano a viajar ao país africano, e em 2018, depois de deixar o cargo. 

A nonagenária era uma muçulmana devota e será lembrada pela filantropia. Através de uma ONG que leva o nome dela, Sarah tentava garantir que crianças pobres tivessem acesso à educação. Em 2014, ela recebeu o Prêmio de Pioneira da ONU pelo trabalho feito pela fundação.

(*Com informações de Nimi Princewill, da CNN Internacional)

Mais Recentes da CNN